Topo

Televisão


Isis Valverde relembra gravidez: "Dizia: 'Não quero mais passar por isso'"

Isis Valverde relembra gravidez no Lady Night - Reprodução/Multishow
Isis Valverde relembra gravidez no Lady Night Imagem: Reprodução/Multishow

Jonathan Pereira

Colaboração para o UOL

23/07/2019 23h48

Isis Valverde falou no Lady Night de hoje sobre as dificuldades que encarou na gestação de Rael, seu primeiro filho, que nasceu em novembro do ano passado. A atriz disse a Tatá Werneck, que espera uma menina, os perrengues que encarou.

"Eu não passei mal como você, mas eu tinha muitas dores. Chegou uma hora que eu só falava 'eu quero que nasça logo pra eu ver ele, mas eu não quero mais passar por isso'", confessa, sabendo que mães que pensam assim na maioria das vezes não são compreendidas.

"As pessoas ficam com raiva, te julgam. Eu acho isso errado, cada mulher é singular e cada gravidez é singular. Isso deve ser respeitado", defende a atriz, casada há um ano com o modelo André Resende.

Ela incentivou a apresentadora a ter parto normal e adiantou qual a sensação após se tornar mãe. "Quando a sua filha nascer, você vai ver uma transformação. Você vai se sentir a mulher mais poderosa do mundo, capaz de tudo. É lindo, é f*da. Você tem uma força interna e você enfrenta o mundo por aquele serzinho tão pequeno".

Tatá se emocionou. "Eu deixei claro que foi muito difícil gravar essa temporada, mas eu queria tanto ter esse registro. Tive que cancelar vários programas, estava passando muito mal, e hoje foi a primeira vez que entrei com a barriga de fora. Poder fazer o máximo que eu posso, sei que está longe de ser o meu melhor, e gerando uma criancinha, é uma experiência que eu não sei se vou passar de novo, mas é muito lindo", derrete-se.

Sobre a carreira, Isis disse que fazer "mocinha é mais difícil às vezes, tem tudo para ficar chata". "Tenho todo um ritual de criação de personagem. Começo muito pelo corpo, sem falas. Como anda, fala senta, ri, se comporta...",explica, elegendo ainda o momento em que ficou tensa ao gravar. "Quando fiz uma cena com o Tony Ramos [em Caminho das Índias] fiquei muito nervosa. Tinha 22 anos, era muito criança, ele deu uma aula", elogia.