Topo

Famosos


"Fiquei com algumas famosas e não recomendo", diz Rafael Cortez

Rafael Cortez - Globo/Estevam Avellar
Rafael Cortez Imagem: Globo/Estevam Avellar

Thaís Sant'Anna

Do UOL, em São Paulo

08/08/2019 19h24

Rafael Cortez falou sobre fama e vida pessoal em uma entrevista para o canal no YouTube do jornalista Alvaro Leme. O ex-CQC revelou que já se envolveu com famosas, mas que não foi uma experiência agradável.

"Fiquei com algumas famosas e não recomendo, porque a famosa é tão neurótica e problemática quanto você. Esta é uma área de muita loucura, de muito desequilíbrio emocional, eu prefiro o backstage", declarou ele.

Cortez ainda lembrou uma vez que saiu com uma mulher, que era considerada "subcelebridade", e que ela teria armado um flagra no restaurante com um paparazzo.

"Fiquei completamente chocado, demorei um tempo para entender o que tinha acontecido [...]. Depois eu peguei um voo para São Paulo e chegando aqui já estavam em todos os portais as fotos com a moça. Na minha cabeça foi algo armado", recordou.

Cortez também comentou sobre a "fama" de ser homossexual e que não teria nenhum problema com isso. "Se eu fosse gay, diria com maior orgulho, se fosse bissexual também. Eu tenho várias desmunhecadas que até eu vejo e digo 'hum, Cortez'. Acho lindo ser gay, se fosse eu seria desses de empoderamento, de lutar pela causa, de afrontar a sociedade. Porque tem que ser muito macho pra ser gay no Brasil, é um país muito escroto com o homossexual", opinou.

Ele ainda contou que parou de fumar cigarro há algum tempo, mas que usa maconha raramente. "Fumar ficou no passado. Minha história com drogas acabou. Se eu tive alguma chance de experimentar cocaína, de ter problema grave com as drogas, de me tornar viciado em tabaco, isso ficou para trás. Eu fumo um baseado por ano, dois no máximo, sempre de tabela com alguém", assumiu.

O repórter, que também é músico, afirmou que está realizado na vida profissional, mas não na pessoal. "Se acabasse tudo hoje, agora, morreria muito infeliz na condição de um homem que nunca casou e nunca teve filhos", confessou.