Topo

Novela

Malhação - Toda Forma de Amar


Joaquim Lopes fala de sintonia com Pedro Novaes em Malhação: "Deslumbrante"

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

08/08/2019 11h55

Pai e filho em Malhação - Toda Forma de Amar, Joaquim Lopes e Pedro Novaes tiveram uma conexão logo de cara dentro e fora da trama. Em homenagem ao Dia dos Pais, os atores, que interpretam Joaquim e Filipe, fizeram um ensaio especial juntos e contaram ao UOL como é a relação deles fora das câmeras.

"Pedro, além de ser um ator deslumbrante, é um ser humano completamente fora da curva. A sintonia aconteceu desde o primeiro encontro. Eu e Paloma [Duarte] sempre nos lembramos a sorte que tivemos de nos encontrar e nos reencontrar. Clima nos bastidores não poderia ser melhor", contou Joquim.

Pedro, 22 anos, filho de Leticia Spiller e Marcello Novaes, que estreou seu primeiro papel fixo em uma novela, retribui o carinho. "A gente tem uma relação muito boa, tanto eu e Joca, como eu e Paloma. É sempre muito descontraído, o que faz do trabalho leve, sempre com profissionalismo. A gente tentar levar tudo de forma mais divertida do que parece pra fazer essa interação ficar legal. Recebo altos conselhos do Joca, da Paloma, aprendo muito com eles. São dois atores que vêm de muitas estradas. São conselhos que fazem diferença no dia a dia do nosso trabalho".

Aos 39 anos, Joaquim não esconde o seu desejo de ter filhos. "Sempre quis ser pai. E estou tendo a sorte de ser pai de filhos incríveis na ficção. Quando vierem os meus, tenho certeza que será transformador e maravilhoso".

Pedro aponta algumas semelhanças entre seu pai da ficção com o da vida real. "O Joaquim Lopes tem muito isso de respeitar o próximo, ter consciência do trabalho, faz muitas piadas. Meu pai também faz muita piada, mas o Joca é mais brincalhão. Mas esse respeito no ambiente de trabalho, de chegar no set e falar com as pessoas, é uma coisa que meu pai me passou, e eu faço também e o Joca faz e admiro pra caramba".

Em Malhação, os personagens vivem um conflito familiar, pois pai e filho têm visões diferentes sobre com quem Nina, irmã adotiva do jovem, deve ficar, já que ele se apaixonou por Rita (Alanis Guillen), a mãe biológica da menina, que está em uma disputa judicial com mãe dele, Lígia (Paloma Duarte). Filipe acredita que os pais e Rita deveriam pensar numa guarda compartilhada de Nina, mas eles não concordam com essa ideia.

"Ali no caso do Joaquim e do Filipe, acho que eles tinham que se escutar um pouco mais, conversar com calma, um ouvir o outro, essa seria a melhor saída. Não que eles não façam isso, mas acho que eles podiam fazer mais. Sempre que eles se juntam para trocar, eles entram numa discussão", sugere Pedro.

Joaquim concorda. "Fui criado com um diálogo muito aberto na minha casa. A conversa acontecia diariamente e sobre todos os temas possíveis e imagináveis. Acredito muito nisso. Na verdade e na criação de um ambiente seguro onde nenhum assunto é tabu".