Topo

Televisão


Ator de A Grande Família fala de depressão e da luta para seguir carreira

Vinicius Moreno, intérprete do Florianinho, em A Grande Família

UOL Entretenimento

Rafael Godinho

Do UOL, no Rio

15/08/2019 04h00

Desde que A Grande Família começou a ser reprisada na Globo, Vinicius Moreno, intérprete do Florianinho, filho dos personagens Bebel (Guta Stresser) e Agostinho (Pedro Cardoso), voltou a sentir sua popularidade em alta. Aos 20 anos, o jovem já sofreu com depressão por estar fora da TV e, agora, dedica-se a cursos de atuação, em busca de uma nova oportunidade. E conta com o apoio financeiro da família humilde para arcar com os gastos.

"Desde que começou a ser exibido o Álbum da Grande Família, o carinho do público tem aumentado muito, tenho sido reconhecido nas ruas, e minhas redes sociais estão crescendo. Me lembrou o tempo em que estava gravando o programa", diz o ator, que tem como grande desejo entrar em Malhação. "Sempre foi um sonho", afirma.

O ator, aos 12 anos, na época de A Grande Família - Arquivo pessoal
O ator, aos 12 anos, na época de A Grande Família
Imagem: Arquivo pessoal

Vinícius diz guardar muitas recordações boas dos bastidores das três temporadas em que fez parte do humorístico. "A lembrança mais gostosa que tenho é de um amigo oculto que teve com todos do elenco e da produção. Foi lindo ver o carinho que um tinha pelo outro", relembra.

Segundo o ator, ele ainda mantém contato com os colegas de elenco, principalmente com Guta Stresser. "Ela é realmente uma mãe para mim. Há pouco tempo, conclui um curso em que ela estava dando aula na CAL [Casa das Arte de Laranjeiras] e, como sempre, aprendi muito com ela", elogia.

Desempregado, além do curso na CAL, Vinícius se esforça para bancar aulas na escola de atores do diretor Wolf Maya, com a ajuda da mãe, a diarista Deise, do irmão, Bruno, e da irmã, Andressa. Ele também recebe o pagamento pelos direitos autorais de uso da sua imagem com a reexibição do programa.

Vinícius e o elenco de A Grande Família, na despedida da série, em 2014 - Léo Marinho/ Agnews
Vinícius e o elenco de A Grande Família, na despedida da série, em 2014
Imagem: Léo Marinho/ Agnews

"Desde pequeno, meu sonho sempre foi ser ator. Com 3 anos fui agenciado e sempre fiz os cursos que a agência disponibilizava. Agradeço muito a família que tenho. Todos sempre me apoiaram, desde muito novo", conta.

"Meu irmão me ajuda na área de marketing e minha irmã me orienta muito. Minha mãe largou a vida dela para viver meu sonho. Sou eternamente grato por tudo o que ela fez e faz por mim. Um dia vou conseguir retribuir", afirma ele, que diz não ser próximo do pai, que vive em Niterói (RJ).

Após integrar o humorístico, Vinícius chegou a fazer participações pequenas em Verão 90 e em A Lei do Amor. Mas a frustração de conseguir impulsionar a carreira na televisão novamente acabou ocasionando uma depressão. "Pode ter influenciado, sim, porque eu era novo e tinha passado um tempo sem trabalhar. Procurei uma psicóloga e comecei a fazer terapia. Foi a melhor coisa que eu fiz."

Esperançoso, o rapaz está cheio de planos profissionais e espera um futuro melhor. "Como conclusão do curso, faremos uma peça no Teatro Nathalia Timberg e gravaremos um filme em breve. Creio que meu sonho vá se realizar. Estou estudando e me especializando para, quando surgir a oportunidade, eu agarrar! Quero conseguir dar um bom futuro para a minha família e retribuir tudo o que já fizeram e fazem por mim", conclui.

Vinícius Moreno quer seguir na carreira de ator - Arquivo Pessoal
Vinícius Moreno quer seguir na carreira de ator
Imagem: Arquivo Pessoal