Topo

Famosos


Rainha negou pedido de Harry e Meghan para viver em seu castelo, diz site

Harry, Meghan e o pequeno Archie vivem há três meses na Frogmore Cottage, em Windsor - Dominic Lipinski /AFP
Harry, Meghan e o pequeno Archie vivem há três meses na Frogmore Cottage, em Windsor Imagem: Dominic Lipinski /AFP

Do UOL

19/08/2019 15h55

Há três meses, o príncipe Harry e Meghan Markle se mudaram para a Frogmore Cottage, espécie de chalé de luxo na cidade de Windsor que ficou em reforma durante quase um ano após o casamento real até que ficasse "sob medida" para os duques de Sussex e seu bebê recém-chegado, Archie. Segundo o "The Times", no entanto, essa não era a primeira escolha do casal.

Segundo a publicação britânica, eles gostariam de ter ido morar no Castelo de Windsor, onde residência oficial da rainha e do príncipe Philip na cidade, mas o pedido foi negado pela monarca.

Segundo o correspondente real Hugo Vickers, Elizabeth teria dito não porque não considera o local apropriado para uma família em formação.

"Há muitos quartos e suítes vazios nos apartamentos privados do Castelo de Windsor", explicou Hugo Vickers, especialista real, ao "The Times". "Mas não é apropriado ter uma família jovem morando lá".

A atual residência dos duques de Sussex também fica em Windsor, foi toda decorada em estilo inglês californiano e tem cerca de dez cômodos -- um deles planejado para Meghan praticar ioga e outro, onde dorme Archie, foi pintado com tinta vegana.

Eles se mudaram para lá depois de passar o primeiro ano casados vivendo em um apartamento de dois cômodos no Palácio de Kensington, em Londres, ao lado do príncipe William e de Kate Middleton.

A mudança para Windsor, que fica a duas horas de Londres, tem três principais motivos, segundo os tabloides britânicos: deixar os aposentos de William e Kate, com quem os duques de Sussex teriam brigado; criar o bebê longe da agitação da capital; e ter mais espaço para o crescimento de Archie.