Topo

Famosos


Fátima Bernardes diz lidar bem com idade: "Amadurecimento é utopia"

Fátima Bernardes apresenta o "Encontro", da TV Globo, há 7 anos - Reprodução/Globo
Fátima Bernardes apresenta o "Encontro", da TV Globo, há 7 anos Imagem: Reprodução/Globo

do UOL, em São Paulo

20/08/2019 11h18

Desde 2012 comandando o "Encontro", programa matinal da Globo, Fátima Bernardes curte os "quase" 57 anos - ela faz aniversário no dia 17 de setembro - de bem com a vida.

A apresentadora garantiu, em conversa para o "GShow", que lida bem com a idade. "O amadurecimento é uma utopia. Acho que a gente está sempre amadurecendo e está sempre precisando amadurecer. Acho que temos altos e baixos, tem dias que você se acha supermadura, tem dias que você toma uma atitude superinfantil, mas acho que faz parte do ser humano", disse.

Sobre os preparativos para o aniversário, Fátima revelou ainda não ter planejado algo especial. "Não sei se vou fazer uma comemoração. Sempre fico feliz por ser mais um ano, mais uma série de coisas que conquistei ao longo desse período. Não sou de fazer planos a longa distância. Peço só saúde".

Quem acha que a jornalista não é vaidosa está enganado. Aliás, a profissão, segundo Fátima, acaba criando um estereótipo em relação à beleza: hoje, ela consegue "ousar" em looks, cortes de cabelo e acessórios - além da maquiagem, claro.

"Durante todo o período do jornalismo, a gente meio que doma um pouco isso porque sua imagem não pode ser mais importante do que a notícia que você está dando, então, talvez, as pessoas associem isso a ser menos vaidosa, mas sempre fui extremamente vaidosa", afirmou. Ela, também, deixou em aberta a possibilidade de fazer cirurgias plásticas.

"Não tenho nada contra, acho que, talvez, um dia eu queira fazer uma coisa em relação à cirurgia plástica. Nesse momento, ainda não me sinto assim. Acho que o dia em que fizer cirurgia plástica é aquele dia que a gente acorda, a pessoa olha e fala assim: 'Estou muito infeliz'. Acho que pra gente ser feliz, desde que não faça mal a ninguém, vale tudo".