Topo

Famosos


"Censura e homofobia", diz Fernanda Paes Leme sobre veto a HQ com beijo gay

Fernanda Paes Leme - Reprodução/SBT
Fernanda Paes Leme Imagem: Reprodução/SBT

Colaboração para o UOL

06/09/2019 18h30

A atriz Fernanda Paes Leme classificou como "censura e homofobia" a decisão do prefeito do Rio, Marcelo Crivella, que pediu para a Bienal do Livro recolher o livro Vingadores - A Cruzada das Crianças, por mostrar dois personagens masculinos se beijando.

"Não podemos ficar passivos a mais uma demonstração de autoritarismo. É absurdo que a simples imagem de duas pessoas se beijando seja tão agressiva aos olhos do retrocesso. Que essa situação patética e arbitrária sirva para jogar luz ao debate sobre o preconceito que a comunidade LGBTQI+ sofre", escreveu a atriz em seu Instagram.

Em um vídeo no Twitter, o prefeito do Rio argumentou que a HQ apresenta conteúdo impróprio para menores.

"A legislação determina que publicações com cenas impróprias a crianças e adolescentes sejam comercializadas com lacre (embaladas em plástico ou material semelhante), com a devida advertência de classificação indicativa de seu conteúdo", informou a prefeitura.

Para Paes Leme, "o problema das crianças do Rio de Janeiro não está em uma revistinha em quadrinhos". "Está na falta de saneamento, de segurança, de educação, de uma vida com dignidade que deveria ser assegurada pelos órgãos públicos", destacou a atriz.