Topo

Televisão


"Não gosto de programa de polícia, odeio isso", diz Datena

27/09/2019 04h00

Apesar de ser um dos maiores nomes do gênero, José Luiz Datena, que comanda o Brasil Urgente, na Band, revela que não gosta do estilo de jornalismo que faz. "Não gosto de programa de polícia. Eu odeio isso. Não gostava, nunca gostei e não gosto", diz em entrevista a Leo Dias, colunista do UOL.

Com quase 50 anos de carreira dedicados ao jornalismo, Datena relembra a dureza do início da carreira —financeira e também operacional, quando por haver poucos recursos disponíveis, tinha que dividir equipamento com outros profissionais do esporte.

Mesclando polêmica e bom humor, Datena imprimiu sua marca no jornalismo policial e, hoje, avalia o risco que corre. "Já fui ameaçado, mas não ligo mais para isso. Se um cara me der um tiro hoje, eu morro rindo."

Cogitado para concorrer nas próximas eleições municipais, depois de ter retirado sua candidatura ao Senado na última disputa, Datena diz que ainda não definiu seu futuro, mas que pode, sim, sair em uma chapa. E garante: vai até o final desta vez. "Não sei se vou ter saco para ser candidato, mas, se me encherem o saco, aí eu vou ser. Agora, se eu lançar a candidatura, a vice ou a prefeito, desta vez não volto atrás."

O podcast UOL Entrevista pode ser acessado nas páginas oficiais do UOL, YouTube do UOL, além de aplicativos como o Spotify e Apple Podcast. Além desse conteúdo, você pode ouvir outros podcasts do UOL, como o Baixo Clero e o Ficha Criminal.

Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar --no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Para ouvir podcasts, você pode baixar aplicativos como o Spotify e o Apple Podcasts. Depois, basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado.

Mais Televisão