Topo

Novela

Topíssima


Topíssima: Antonio chora ao ver sua casa destruída

Antonio (Felipe Cunha) em Topíssima (Reprodução/TV Globo). - Antonio (Felipe Cunha) em Topíssima (Reprodução/TV Globo).
Antonio (Felipe Cunha) em Topíssima (Reprodução/TV Globo). Imagem: Antonio (Felipe Cunha) em Topíssima (Reprodução/TV Globo).

Thamires Viana

Do UOL, em São Paulo

30/09/2019 01h00

Saiba tudo o que vai acontecer no capítulo de 30/09 de Topíssima, novela da Record escrita por Cristianne Fridman.

Edison se surpreende ao ver quem é o motoqueiro. Bruno se revela e diz que é ele quem manda as cartas com ameaças para os traficantes do Veludo Azul. Ele afirma que Sophia e Lara também estão envolvidas, já que a droga é vendida em todas as universidades Alencar. Pedro chega até a delegacia e fica furioso com Mão de Vaca. Ele dá voz de prisão ao próprio filho.

Bruno diz para Edison que quer ver os traficantes sofrerem. Gonçalo diz que a próxima vítima será Paulo Roberto. Edison fica espantado ao ouvir o nome do reitor. Dagoberto descobre que Pedro prendeu Mão de Vaca e segue para a delegacia. Andrea tenta convencer a irmã a ajudar na reconstrução do restaurante de Mariinha.

Sophia diz que teme a reação de Antonio. Dagoberto chega até a delegacia com os estudantes da república. Todos pedem a libertação de Mão de Vaca. Dagoberto ameaça processar Pedro por abuso de autoridade. Mão de Vaca volta da prisão e questiona Edison. Ele pergunta se Lara é a chefe do tráfico. Canarinho diz que o incêndio foi criminoso. Mariinha e os outros ficam pasmos.

Canarinho conta que Bruno acusou Paulo Roberto de ser o culpado. Pedro conta para Yasmim que pretende matar Minha Flor para afastar de vez Mão de Vaca da investigação do Veludo Azul. Edison mente para Mão de Vaca e confirma que Lara é a chefe do tráfico, mas desconversa ao ser perguntado se Paulo Roberto também está envolvido. Antonio recebe alta e encontra com Paulo Roberto na porta do hospital.

Ele acusa o reitor de ter sido o mandante do incêndio e o ameaça. Edevaldo tenta obter informações sobre o incêndio. Zeca afirma ter visto três homens suspeitos no dia da explosão. Paulo Roberto é chamado do lado de fora do hospital e se depara com sua moto em chamas. Antonio chora ao ver sua casa destruída. Sophia chega e oferece ajuda.