PUBLICIDADE
Topo

MasterChef A Revanche terá prova de 24h e duelos; veja quem está no reality

Jurados e Ana Paula Padrão no "MasterChef Brasil" - Reprodução/Instagram
Jurados e Ana Paula Padrão no "MasterChef Brasil" Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

08/10/2019 12h44

A Band anunciou os 20 ex-participantes do MasterChef A Revanche, que estreia na próxima terça-feira (15).

Após seis temporadas do programa com cozinheiros amadores, esta é a primeira vez que o programa concede uma chance a quem tentou o título de MasterChef, mas acabou eliminado.

Voltarão 20 ex-participantes de todas as edições já realizadas e metade deles será eliminada logo no episódio de estreia.

A seguir, veja quem estará em MasterChef A Revanche:

Prova de 24 horas e duelos

Uma das novidades desta temporada é que todas as provas eliminatórias serão feitas em duelos, um mata mata em que um participante por semana deixará a cozinha do MasterChef.

"É diferente porque são várias finais. É um formato vibrante", afirmou Ana Paula Padrão na coletiva de imprensa do programa.

Pela primeira vez, o reality terá uma prova com 24 horas de duração: nela, os participantes terão que preparar um pão. Em outro desafio eles terão que cozinhar em um navio para 150 tripulantes.

Segundo Ana Paula, as mudanças no formato exigirão que os cozinheiros não se arrisquem mais a ficar em suas zonas de conforto.

"Começou-se a desenvolver [ao longo das temporadas] um monte de estratégias de competição. Uma delas era ter desempenhos medianos para não correr riscos. Isso foi impossível nessa temporada. Eles tinham que ganhar ou ir embora", explica a apresentadora.

"A revanche é consigo mesmo"

Ana Paula Padrão afirma que os participantes que ganharam uma segunda chance deverão superar a si mesmos. Um exemplo disso é uma prova em que eles terão que executar os pratos que os eliminaram em suas primeiras participações.

"São pessoas que já estiveram em outras temporadas, que quase nunca fracassaram por falta de talento. Vai ser uma espécie de revanche consigo mesmo. É uma oportunidade nova do que não ficou a contento no passado", afirma.

A apresentadora e os jurados, Paola Carosella, Erick Jacquin e Henrique Fogaça, concordam que esta temporada está muito mais emocionantes — justamente porque as histórias dos participantes já são conhecidas.

"É uma temporada intensa de emoções porque já conhecemos aqueles personagens. Todos enveredaram pelo caminho da gastronomia. Foi uma temporada em que todo mundo chorou", disse Ana Paula.

Jacquin brincou que agora a sua fama, antes de durão, dever mudar: "Antigamente eu gritava muito e agora eu choro. Fazer o que".

Relógio digital

Nesta temporada, um dos "vilões" mais temidos pelos participantes está de cara nova: o relógio, que agora deixa de ser analógico para ser digital. O que explica a mudança é que agora as provas serão mais longas do que nas edições passadas.

"Como as provas são mais longas os segundos finais não fazem tanta diferença. A contagem ficou mais rápida e ninguém deixou de entregar prato porque as provas têm um tempo de mais fôlego", contou Ana Paula.

Critério de seleção

A seleção dos 20 participantes para o MasterChef - A Revanche foi baseada, segundo a diretora do programa, Marisa Mestiço, em alguns critérios como diversidade e a trajetória de cada um dos cozinheiros na gastronomia.

"O critério foi entender como estavam as carreiras deles e o quanto a parte gastronômica dessas pessoas sofreu uma transformação. Não teve relação com carisma. O programa é um talent show de gastronomia, e a intenção era representar o Brasil", disse a diretora.

MasterChef