Topo

Famosos


Márcia Fellipe chama Irmã Dulce de "exemplo", mas diz: "Só Jesus é santo"

Rosa Marcondes/Divulgação
Imagem: Rosa Marcondes/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

14/10/2019 15h17

Márcia Fellipe é evangélica e abordou o assunto da canonização da Irmã Dulce. A cantora elogiou a freira baiana, que se tornou a primeira santa nascida no Brasil, mas reiterou que, para ela, fazer o bem ao próximo não deveria transformar um "ser humano em santo".

"Ajudar ao próximo sim! Mas não fez de nenhum ser humano ser 'santa'. Santo, só o Senhor Jesus Cristo. Não se deixem enganar. Leiam a Bíblia. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará", afirmou ela, ao comentar um post da Rede Globo no Instagram.

Posteriormente, Márcia voltou à rede social com uma transmissão ao vivo para explicar seu posicionamento aos seguidores e curiosos: "O que falei sobre a Irmã Dulce não foi sobre ela. Foi sobre o que iam fazer com o nome dela. Eu quero deixar bem claro: ela é um ser humano exemplo a ser seguido por todos nós. Ela se anulou, fez caridade, foi um ser humano bondoso. Deus respondeu às orações da Irmã Dulce".

"O que eu escrevi ali, que só Jesus Cristo é santo, foi o que eu aprendi na palavra de Deus. Não aprendi com o homem. Eu faço muita cagada na vida, não sou melhor do que ninguém. Aqui nesse mundo, nós somos farinha do mesmo saco. E quando alguém se anula, faz tudo pelo próximo... Esse ser humano é muito digno, nós temos de aplaudir realmente, lembrar de todo coração e respeitar. Como eu respeito a todo mundo! Mas crer e adorar eu só adoro a Deus", acrescentou.

Márcia deu a entender que, desde que se pronunciou sobre o tema, tem recebido críticas de religiosos sobre o estilo de vida que leva com a carreira na música. Ela chegou a dizer que reconhece a si mesma como "pecadora", mas que terá de "prestar contas" a Deus, não com outros seres humanos.

"Eu canto, realmente. Eu vou para onde me chamarem, sou um ser humano. Mas Deus conhece o meu coração, como conhece o seu coração. Ele sabe das minhas verdades, como sabe dos meus pecados, das minhas falhas e das minhas escolhas erradas, que eu também não nego a ninguém. Eu não vivo dando satisfação das minhas escolhas erradas, mas Deus sabe do meu coração e do quanto eu peço perdão", comentou ela.

"E peço desculpa, tá? Eu não falei sobre religião, eu falei sobre o que a palavra nos diz. Muita coisa que a gente vê acontecendo no mundo é feita pelo homem, assim como tem muita gente distorcendo que eu tô com intolerância religiosa. Em nenhum momento! É só você ler o que eu coloquei, e eu coloquei assim: fazer caridade ao próximo, ser bom ao próximo, está de parabéns... Mas isso não faz nenhum de nós virar santo perante o Senhor", disse Márcia.

"O Senhor nos fala, em Romanos, que todo ser humano neste mundo é indesculpável perante o Senhor. O nosso advogado do lado de Deus é Jesus Cristo. Isso está na palavra, não sou eu que estou dando opinião. Está na palavra. Eu não estou criticando a religião de ninguém", afirmou.

"Eu trabalho para sustentar a minha casa, mas sou muito pecadora. Eu sou falha total, viu? Vim deixar isso claro para todo mundo. Mas a palavra do Senhor nos diz isso. Desculpa, não posso falar para agradar todo mundo. Isso aí é uma conta que eu, Márcia, vou prestar com o Senhor. Não com o ser humano. Não vou dar satisfação ao próximo. Só vim pedir desculpa. Não quis ofender ninguém, muito menos a irmã Dulce, que é um exemplo a ser seguido como ser humano", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Famosos