Topo

Novelas


Noveleiros adotam streaming e não sentem falta da TV: "Horrível ser refém"

Nina (Débora Falabella) em Avenida Brasil: sucesso de 2012, novela voltou a ser exibida no Vale a Pena Ver de Novo  - Reprodução
Nina (Débora Falabella) em Avenida Brasil: sucesso de 2012, novela voltou a ser exibida no Vale a Pena Ver de Novo Imagem: Reprodução

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

29/10/2019 04h00

Renata Six, 32, é uma noveleira sem tempo de ver televisão. Mas isso não quer dizer que não esteja em dia com suas tramas favoritas. A consultora de treinamento comercial consome o entretenimento produzido pelas emissoras de TV pelos serviços de streaming que assina. Fã de novelas da Globo, ela é uma entre vários espectadores que vêm trocando de telas com o surgimento de plataformas como GloboPlay, da Globo, e o PlayPlus, da Record TV.

"Não tenho tempo para ver televisão porque trabalho, estudo, faço academia. Pelo streaming, vejo a hora que eu quero ou, às vezes, quando quero ver uma cena especifica", diz ela, citando as vantagens de não depender mais da programação fixa dos canais.

No início do mês, com a reestreia de Avenida Brasil no Vale a Pena Ver de Novo, a consultora decidiu rever a trama de vingança que vem quebrando recordes de audiência na faixa vespertina da Globo. Fenômeno de público em sua exibição original, em 2012, a novela sobre a madrasta que abandona a enteada em um lixão foi acompanhada pela primeira vez por Renata enquanto ela estava fora do país. Mas, na época, era maior a dificuldade para ficar em dia com a trama e evitar spoilers.

"Na primeira vez que a novela foi exibida foi triste porque quando eu entrava no Facebook estava todo mundo falando. Eu não podia ver e tinha que esperar até o dia seguinte para assistir pela internet, que era quando o capítulo ficava disponível", recorda.

Além de Avenida Brasil, Renata atualmente assiste a Verdades Secretas e A Dona do Pedaço pelo GloboPlay e acompanha o reality show A Fazenda (PlayPlus). Pelos dois serviços de streaming mais Netflix ela estima que tenha um gasto mensal de R$ 80.

A estudante Taís Pontes, 26, faz faculdade de administração à noite e por isso assiste à novela A Dona do Pedaço quando chega em casa. Quando não consegue ver o capítulo do dia, ela vê a trama como se fosse uma série, maratonando vários capítulos de uma só vez.

Taís acredita que o principal benefício do streaming é não depender da grade de programação da televisão. "Também gosto de assistir a Bom Sucesso na hora do almoço", exemplifica.

"Horrível ficar refém da TV"

Moisés (Guilherme Winter) abre o Mar Vermelho em cena da novela Os Dez Mandamentos - Divulgação/Record
Moisés (Guilherme Winter) abre o Mar Vermelho em cena da novela Os Dez Mandamentos
Imagem: Divulgação/Record
A psicóloga Theresa Beatriz Figueiredo, 68, também aprova a ideia de poder assistir ao que quiser na hora que puder. Apaixonada também por filmes, ela conta que teve curiosidade para ver recentemente a bíblica Os Dez Mandamentos, um dos maiores sucessos de audiência da Record quando foi exibida, em 2015.

"Acho que é bem útil e prático [usar serviços de streaming] porque você tem mais liberdade e flexibilidade de horário. É horrível ficar refém da TV. As emissoras programam a novela de tal modo estratégico para te prender naquele horário, para te manipular. Eu detesto a ideia de ser manipulada pelas emissoras e não assisto a nada na televisão", afirma.

Theresa viu a trama bíblica, exibida pela Record ao longo de nove meses na televisão, pela Netflix em cerca de 25 dias: "Tinha noite que eu varava a madrugada assistindo. E tinham partes que, como eram muito repetitivas, eu andava um pouco mais rápido. Isso é muito bom. Você não precisa ver exatamente a tudo, pode correr com algumas partes mais enfadonhas. E você ainda tem autonomia para administrar o seu lazer".

Embora a psicóloga tenha assistido a Os Dez Mandamentos pela Netflix, a trama também pode ser vista pelo PlayPlus. De acordo com a assessoria do streaming da Record TV, a novela está entre os produtos mais consumidos pelos assinantes. Em um levantamento feito a pedido do UOL, as novelas Topíssima, Jezabel e o Rico e o Lázaro são os conteúdos mais acessados nos últimos três meses na plataforma.

A assessoria do GloboPlay diz que não divulga dados de audiência sobre o serviço de streaming, mas atenta aos novos hábitos dos consumidores, a emissora passou a disponibilizar com antecedência capítulos de algumas de suas novelas, como Malhação, e a série Segunda Chamada, atualmente no ar.

Coisa de criança

Cena da novela As Aventuras de Poliana, do SBT - Lourival Ribeiro/SBT
Cena da novela As Aventuras de Poliana, do SBT
Imagem: Lourival Ribeiro/SBT

O público mirim se tornou uma fatia importante da audiência do SBT desde o remake de Carrossel, em 2012. Com o sucesso da novelinha, a emissora passou a investir mais no segmento e, sem um serviço próprio de streaming, começou a disponibilizar os capítulos na íntegra no YouTube.

Na faixa de horário dedicada a novelas inéditas, a emissora exibe atualmente As Aventuras de Poliana, que chegará ao fim somente no ano que vem, estabelecendo um novo recorde de duração de uma trama no ar.

A designer Myrian Magarino, 46, diz que a filha Lara, de 9 anos, costuma ver a novela do SBT pela internet, pois no horário em que é exibida na televisão, quase às 21h, a menina já está dormindo.

"As vantagens de ver pelo YouTube são em relação ao horário, já que ela tem em média 40 minutos livres para assistir a televisão ou realizar outra atividade", afirma ela, que vê um caráter pedagógico na novela. "Os temas estão dentro do que ela vive no dia a dia e a ajuda a lidar com os amigos ou mesmo em situações de perigo", diz.

Serviço

Netflix

  • Catálogo conta com títulos como Os Dez Mandamentos e Escrava Mãe, da RecordTV
  • Assinaturas de R$ 21,90 a R$ 45,90

GloboPlay

  • Catálogo conta com as atuais novelas e séries em exibição na Globo, além de diversos títulos de sucesso, como Rei do Gado
  • Assinatura: R$ 19,90

PlayPlus

  • Catálogo conta com títulos em exibição e já exibidos na RecordTV
  • Assinaturas de R$ 12,90 a R$ 32,80

Novelas