PUBLICIDADE
Topo

Meghan Markle processa jornais por publicar carta e dar notícias falsas

A duquesa de Sussex, Meghan Markle - Samir Hussein/WireImage
A duquesa de Sussex, Meghan Markle Imagem: Samir Hussein/WireImage

do UOL, em São Paulo

20/11/2019 10h33

A duquesa Meghan Markle está processando os jornais britânicos The Daily Mail e Mail On Sunday pela publicação de uma carta privada e por "tentarem" construir uma imagem negativa dela.

A notícia do processo foi divulgada no início de outubro. Agora, o site E! Online teve acesso aos documentos e revelou mais detalhes sobre o caso.

Entre essas alegações, Meghan e seus advogados afirmam que o The Daily Mail mentiu sobre reformas feitas em Frogmore Cottage, residência do casal.

O jornal escreveram que ela e o príncipe Harry tinham uma banheira de cobre avaliada em 5.000 libras esterlinas, gastaram 500.000 libras no isolamento acústico da casa, construíram um estúdio de ioga, um laranjal e uma quadra de tênis, além de terem construído uma nova sala na casa. Tudo pago com o dinheiros dos contribuintes.

No processo, a duquesa diz que todos os items mencionados e as afirmações "não existem e são completamente falsas".

Sobre a carta privada, endereçada ao pai de Meghan, Thomas Markle, e que foi publicada sem sua autorização, ela alega que o The Daily Mail "omitiu trechos chave da carta que ela escreveu para o pai em uma missão de pintar a sua imagem de forma negativa". Segundo os advogados, "a mídia tablóide britânica explora seu pai".

Já contra o Mail on Sundays, a queixa da duquesa é sobre uma matéria alegando que ela realizou um chá de bebê de US$ 300.000 com a presença de muitos famosos, mas não convidou a mãe, Doria Ragland.

"O chá de bebê (que na verdade custou uma pequena fração dos US$ 300.000 mil falsamente declarados no artigo) foi organizado por uma das melhores amigas de Meghan desde a universidade", defendem seus advogados. "Os quinze convidados que participaram do chá de bebê eram amigos íntimos, de mais de 20 anos".

Em um comunicado à BBC, o Mail on Sunday disse que o processo "não muda a posição do jornal" que vai defender seu lado "com vigor".

Meghan e Harry estão arcando com os custos do processo. Se ganhar, todo o valor será revertido para uma instituição de caridade.

Em outubro, quando anunciou o processo, o príncipe Harry lembrou da mãe, a princesa Diana, morta em um acidente de carro em Londres. Ele afirmou que a esposa está sendo perseguida assim como sua mãe.

"Meu maior medo é que a história se repita. Perdi minha mãe e agora vejo minha esposa sendo vítima das mesmas forças poderosas".