PUBLICIDADE
Topo

Nego do Borel lamenta morte de Bunitinho em ação da PM: "Hoje é guerra"

Nego do Borel e Bunitinho, sensação da internet, morto ao sair de baile funk - Reprodução/ Instagram
Nego do Borel e Bunitinho, sensação da internet, morto ao sair de baile funk Imagem: Reprodução/ Instagram

Colaboração para o UOL

05/12/2019 18h05

Nego do Borel lamentou hoje a morte do humorista Bunitinho, durante uma operação da Polícia Militar no Morro do Dendê, Rio de Janeiro, durante a madrugada. O funkeiro, que conhecia Bunitinho, postou vídeos no Instagram em que aparece se divertindo com ele.

"Bunitinho era um menino jovem, de quem todo mundo gostava, que o Brasil abraçou. Eu estive com ele algumas vezes, e é um meninosuper gente boa, de coração puro, família humilde. Chegava brincando. Estou muito triste", disse, em vídeo publicado na função stories do Instagram.

Nego se disse preocupado com a violência e com a vulnerabilidade dos jovens nas comunidades. "Hoje, nosso país está complicado. Você sai de casa e não sabe se vai voltar. Todos os jovens de comunidade ou não, tomem cuidado com a rua, que está muito perigosa. Hoje tem tiro em tudo quanto é canto. Hoje é guerra".

Diego de Farias Pinto, o Bunitinho, morreu baleado depois de sair de um baile funk, em uma operação do Bope na madrugada. Além dele, outras três pessoas foram baleadas e também morreram.

Bunitinho ficou famoso nas redes sociais no ano passado por protagonizar diversos memes, entre eles o "Sextou" e o "Bunitinho".

Famosos