PUBLICIDADE
Topo

Famosos


Felipe Neto defende cotas: "Nem Bolsonaro ousa mexer"

Felipe Neto - Washington Possato
Felipe Neto Imagem: Washington Possato

Do UOL, em São Paulo

17/01/2020 08h25

O youtuber Felipe Neto usou seu Twitter para defender o uso de cotas para universidades e concursos, tema que rende normalmente debates acalorados. Em seu argumento a favor de contemplar setores da sociedade prejudicados por racismo, ele afirmou que "nem o governo Bolsonaro ousa mexer" nas leis.

"É inacreditável alguém ser contra cotas em pleno 2020, tuitou ele. "Um projeto que deu tão certo q nem o governo Bolsonaro ousa mexer. E olha que ele, no comum (sic) de sua burrice, já criticou cotas inúmeras vezes."

Felipe Neto - que é um crítico de Jair Bolsonaro (sem partido) e seu governo - afirmou que o sistema atual precisa de melhoras, mas celebrou a inclusão de pessoas que antes não teriam oportunidades em concursos e universidades.

"Pode melhorar? Sim. Tem erros? Tem. Mas foi um imenso passo na inclusão", defendeu ele.

Em novembro de 2019, o IBGE publicou dados mostrando que pela 1ª vez negros são maioria nas universidades públicas.

As instituições de ensino superior brasileiras (que lideram os rankings de melhores universidades do país) sempre foram taxadas de elitistas, mas a partir de 2018 passaram a ter 50,3% de suas vagas ocupadas por pessoas negras. A instituição aponta a política de cotas - iniciada no começo dos anos 2000 e oficializada em lei em 2012, durante o primeiro mandato da presidenta Dilma Rousseff (PT) — como principal motivo da mudança.

Famosos