PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

BBB20: família diz que Felipe não é mimado e ameniza polêmica com Bolsonaro

Felipe Prior, participante do BBB20 - Victor Pollak/Globo
Felipe Prior, participante do BBB20 Imagem: Victor Pollak/Globo

Renata Nogueira

Do UOL, em São Paulo

24/01/2020 12h00

Felipe Prior foi o primeiro participante confirmado pela Globo no BBB20 e, consequentemente, o primeiro alvo do público, que quis cancelar o arquiteto paulistano antes mesmo de o programa começar. Mas, segundo a família do brother, a primeira impressão que ele passou não corresponde à realidade.

O UOL conversou com Cristina e Celly Prior, mãe e cunhada de Felipe, que garantem: ele não é mimado (como o próprio declarou). Elas também dizem que a polêmica envolvendo o nome do presidente Jair Bolsonaro —um dos perfis que o brother seguia no Instagram— não passou de um mal-entendido. "A gente não é nem direita, nem esquerda", diz Celly. Casada com o irmão mais velho do brother, ela afirma que a família não costuma discutir política.

"Falaram até que ele era um 'bolsominion'. Não tem nada a ver. Foi algo que pegaram para falar, porque não tem motivo. Ele nunca foi de expor opinião política em rede social. Eu não posso afirmar em quem ele votou, porque eu não sei, mas posso afirmar é que isso não é discutido em casa. Acredito que ele segue apenas por ser o nosso presidente e uma figura polêmica", supõe a cunhada, que ficou como uma das responsáveis das redes sociais do brother.

Cristina, que estava fora do Brasil no sábado, dia em que o filho foi anunciado como participante do BBB, diz não ter acompanhado a repercussão negativa do tema. "Sinceramente, eu nem sabia a respeito disso. Aqui em casa, ele não é de falar muito de política, nós somos neutros em relação a isso. Para nós, cada um pode escolher o partido que se identifica. Eu não me preocupo, afinal, esse nem é o foco."

Mimado?

Felipe trabalha desde os 17 anos e tem planos para sair da casa dos pais. Se ganhar o prêmio de R$ 1,5 milhão, a mãe acredita que ele investiria parte na empresa de construção civil que toca em sociedade com um amigo e outra na casa própria. "O Felipe comprou um imóvel e já está se estruturando para ir morar sozinho. O prêmio ajudaria a pagar as contas dele e nesse projeto de ir morar sozinho. Só falta aprender a lavar roupa", brinca Cristina.

A mãe diz assumir as tarefas domésticas pelo pouco tempo que Felipe passa em casa, mas não vê o filho como mimado. "Ele acabou usando a palavra 'mimado' na hora do nervoso. Essa questão de câmeras, fotos, é tudo muito novo para ele. Eu não acredito que ele seja uma pessoa mimada. A vida dele é muito ativa. Como ele trabalha com construção civil, acaba saindo de casa 6h, 7h e às vezes voltando quase meia-noite", explica sobre o dia a dia do filho.

"Ele às vezes deixa as coisas largadas, mas como um menino de 27 anos, ele é muito responsável com o trabalho dele, muito focado. Então, o dia a dia dele é assim. Mas quando chega o fim de semana, ele extravasa. Mas é aquela coisa de jovem, é da idade mesmo. Mas, com 27 anos, eu acho que ele já conquistou muitas coisas. Ele inclusive ajuda muitos amigos com trabalho", destaca a mãe.

Família de Felipe - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Família de Felipe Prior, participante do BBB20
Imagem: Reprodução/Instagram

Celly concorda com a sogra. "Ele não é mimado, muito pelo contrário. Eu não o vejo assim. É que ele falou aquilo no sentido de que ele não faz nada dentro de casa, mas porque minha sogra também sempre foi muito prestativa em relação a isso e ele sempre trabalhou fora. Ele chega tarde do trabalho, às vezes joga bola e volta tarde. Ele não é mimado. Quando meus sogros viajam ele se vira muito bem em casa."

A família ainda está se adaptando à fama instantânea conquistada com a ida de Felipe para o BBB. No prédio em que eles moram, na zona norte de São Paulo, um aviso foi colocado no elevador para que todo o condomínio entre na torcida. Segundo Cristina, foi uma forma de o síndico homenagear o filho dela, que ajudou em algumas obras no local. Ela ainda recebeu cumprimentos na academia e já é reconhecida nas ruas. Isso porque apareceu logo no primeiro dia de BBB em um vídeo em que reclama da bagunça em casa.

"Para mim, foi uma grande surpresa. Estávamos reunidos no prédio de amigos com mais de 100 pessoas", diz Cristina, que acredita que Felipe enviou alguns vídeos em que costuma brincar com a mãe para a produção do programa. Ela não conseguiu acompanhar os últimos dias do filho em casa, já que tinha uma viagem internacional planejada antes da confirmação que Felipe entraria na casa mais vigiada do Brasil. Felipe foi levado para o Rio de Janeiro na quinta-feira e o programa estreou na última terça.

Futuro no jogo

Felipe - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Felipe Prior
Imagem: Reprodução/Instagram

"O que vai acontecer no jogo ninguém sabe. Ficar confinado não é fácil. Ele nunca foi uma pessoa de ficar confinada, ele é muito agitado e não sei como vai ser as reações dele daqui para frente. Assim como está acontecendo comigo. Jamais imaginei ser abordada dessa maneira", confessa a mãe do brother.

Para a cunhada, que foi a responsável por inscrever Felipe para o BBB, a previsão é de sucesso. "Ele é muito competitivo. E tudo o que ele se dispõe a fazer dá certo. Então, quando pensei no Big Brother, pensei no jogo. Além disso, ele não tem dedos, fala o que pensa. Esse perfil no BBB também costuma dar muito certo. Ele gosta de pessoas, se dá bem com todo mundo. São muitas coisas que fazem dele um bom candidato", acredita Celly.

Felipe Prior tem pelo menos mais uma semana garantida na casa, já que o grupo Pipoca venceu a primeira prova de resistência e garantiu a imunidade de todos os seus integrantes. A cunhada do brother tem só um pedido para os fãs do reality:

Espero que as pessoas tenham paciência para conhecer o Felipe, porque ele é um cara extremamente divertido. Ele faz todo mundo rir e vai fazer muita gente se divertir ainda. Ele é um cara sensacional e o inscrevi justamente por isso. Para ele mostrar quem ele é.

Especial BBB20