PUBLICIDADE
Topo

Globo mantém Petrix no BBB 20 após público pedir eliminação por assédio

Petrix e Bianca durante festa "Os Opostos se Atraem" - Reprodução/TV Globo
Petrix e Bianca durante festa "Os Opostos se Atraem" Imagem: Reprodução/TV Globo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/01/2020 22h47

A Globo não se manifestou sobre as atitudes de Petrix, que foi acusado pelo público de assediar Bianca Andrade durante a primeira festa do BBB 20, na madrugada de hoje. Durante o programa ao vivo, a emissora apenas repercutiu o que aconteceu durante a festa e o dia do programa.

Quando iniciou o programa, Tiago Leifert falou sobre fogo no parquinho em referência a festa da última noite que gerou discussão entre Rafa e Bianca.

A cena questionada pelos internautas em relação ao Petrix foi mostrada na sequência. Ele dança forró com Boca Rosa e depois tenta estralar suas costas. Até que coloca a mão nos seios da sister, que foi o momento que causou revolta na web.

Após mostrar a cena, Tiago Leifert seguiu o programa normalmente sem fazer qualquer tipo de comentário ou mostrar qualquer conversa com Petrix ou com Bianca.

O atleta protagonizou um momento polêmico na pista de dança da casa. O líder da semana abraçou Bianca pelos seios e chacoalhou a sister, que estava alcoolizada e já fragilizada pela briga feia com Rafa Kalimann no começo da noite.

Nas redes sociais, o público repercutiu o assunto, que logo se tornou o primeiro mais comentado do Twitter, e pediu a expulsão do brother por assédio, já que Bianca havia bebido muito e pouco depois dormiu pesado no quarto Céu. Mari Gonzalez e Guilherme passaram a noite cuidando da sister, que chegou a chorar e pedir para sair do programa.

Petrix é o líder da semana e indicará alguém do grupo camarote para ir ao paredão. Ontem, ele conversou com alguns participantes e demonstrou interesse em escolher Pyong Lee. Boca Rosa até poderia ser escolhida pelo ginasta em uma tática para ela eliminar o hipnólogo que seria votado pela casa.

Especial BBB20