PUBLICIDADE
Topo

Petrix, do BBB 20, é intimado a depor após ser acusado de assédio

Felipe Pinheiro e Leandro Carneiro

Do UOL, em São Paulo

03/02/2020 18h16

Resumo da notícia

  • Petrix foi intimado pela polícia para prestar depoimento por assédio
  • A Globo confirmou que recebeu a intimação que deverá ser cumprida até sexta
  • A equipe de Petrix fora da casa diz que não foi notificada oficialmente da situação.
  • Caso saia da casa para prestar depoimento, Petrix poderá ser eliminado
  • Em 2019, Vanderson deixou a casa para prestar depoimento e foi eliminado

Participante do BBB 20, Petrix Barbosa recebeu uma intimação para prestar depoimento após ser acusado de assédio durante o confinamento no reality show da Globo.

"A Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá entregou a intimação ao jurídico da TV Globo nesta segunda-feira (03/02). O depoimento está marcado para a sexta-feira (07)", informou a assessoria da polícia civil do Rio.

Procurada, a assessoria da emissora confirmou: "A Globo informa que a intimação foi entregue ao departamento jurídico, hoje".

Em seu perfil no Twitter, a Polícia Civil do Rio de Janeiro escreveu sobre o assunto. "DEAMs atuando sempre no combate à violência contra a mulher", disse.

Em contato com o UOL sobre a decisão da Polícia, os representantes de Petrix informaram que "estão aguardando comunicado oficial". Segundo eles, "nada formal" chegou até o momento. Ainda ressaltaram que nem a Globo chegou a entrar em contato para falar sobre o tema.

Em conversa com Universa, Juliana Emerique explicou a decisão de chamar Petrix para depor. Ela também foi responsável pela denúncia contra Vanderson há um ano. Em sua conta do Instagram, a delegada afirmou que "menções e vídeos nas redes sociais são fontes para a abertura da citada investigação".

"São imagens muito sérias, então queremos saber mais detalhes sobre o que aconteceu. Tivemos demonstrações de revolta contra o comportamento desse rapaz, então a delegada decidiu que, por ser uma ação penal pública, fazer o primeiro procedimento policial", falou a delegada.

Vale lembrar que Petrix pode sair da casa do BBB antes mesmo do prazo da intimação. O ginasta é um dos indicados do paredão essa semana. Ele está na berlinda ao lado de Hadson, Babu e Pyong.

Procurada pela reportagem para comentar o caso, a Globo não se manifestou até o momento.

Petrix foi acusado de assédio em dois episódios diferentes. O primeiro, envolvendo Bianca Andrade, a Boca Rosa. O público pediu sua expulsão por ter chacoalhado a sister e encostado em seus seios.

Na semana passada, em outra festa, Petrix foi acusado de esfregar a genitália em Flayslane, enquanto a sister estava bêbada sentada no chão da casa.

Imediatamente após a notícia sobre a intimação de Petrix, o público reagiu de imediato nas redes sociais. No Twitter, os internautas emplacaram a hashtag #PetrixVaiSerExpulso.

Quem deve sair do BBB 20: Babu, Hadson, Petrix ou Pyong?

Enquete encerrada

Total de 965429 votos
92,65%
Divulgação/TV Globo
6,16%
Divulgação/TV Globo
0,70%
Divulgação/TV Globo
0,49%
Divulgação/TV Globo
Total de 965429 votos
A votação do UOL não possui caráter cientifico ou influência sobre o resultado do programa da TV Globo

Valide seu voto

Família nega assédio

Em contato com o UOL, representantes de Petrix explicaram o ocorrido com o ginasta dentro da casa e negaram o assédio. Veja a nota na íntegra:

O Petrix pode até ter cometido algumas falhas, sim, dentro da casa mais vigiada do Brasil. Mas todos os erros dele seriam apenas falhas normais e isoladas se não fosse um primeiro grande mal entendido oriundo de um vídeo que veio à tona em festa realizada no BBB na noite de 24/01/2020, onde ele aparece alongando as costas de Bianca Andrade e, em seguida, chacoalhando seu tronco (algo comum na ginástica e prática comum do Petrix até mesmo com sua própria namorada e familiares próximos, sem nenhuma maldade, zero cunho sexual).

Acontece que ele foi vítima do julgamento de "juízes cibernéticos" que ficam fazendo patrulhas na internet, mas infelizmente erraram na condenação, fazendo juízo totalmente precipitado e radical ao extremo, julgamento muito comum inclusive em épocas predominadas por mídias sociais, onde imagens de heróis e de vilões são construídas em curtíssimos intervalos de tempo.

Prova maior disso é que a Rede Globo mostrou no programa exibido no domingo (26/01/2020) toda a sequência dos fatos, que não deixavam dúvida: ele nem sequer pega exatamente nos seios da Bianca, e sim pega no tronco mais ao lado. A própria participante Bianca Andrade, por sua vez, no confessionário, quando perguntada com clareza, expôs que apesar de ter consumido bebida alcóolica naquele dia se lembrava exatamente da ordem dos fatos e em momento algum viu assédio (tanto que no vídeo é possível reparar que ela segue com normalidade). Ainda na mesma edição do programa, mostrava outros contatos físicos de Petrix inclusive com homens, com Babu Santana, alongando também a coluna do colega. Ou seja: um fato que foi inflamado pelas redes sociais; exagero que se comprovou e ainda há quem brigue com as imagens.

Aliás, da forma com que as pessoas colocam, até parece que a Bianca Andrade estava em estado de coma alcoolico dentro da casa e Petrix teria se aproveitado dela em condições de impossibilidade de defesa. Nada disso! A atitude foi tão inocente e ingênua que, convenhamos, na pior das hipósteses, ainda que Petrix quisesse assediá-la, por que faria isso em meio a todo o movimento com a festa rolando diante dos demais participantes?

Em relação aos outros supostos episódios de assédio subsequentes: a mesma coisa! Nada de concreto. Meras especulações e tudo oficialmente boato (e se não fosse boato, a própria Rede Globo já o teria expulsado do reality). A grande questão que gira em torno desse tema é que o primeiro vídeo viral que "queimou o filme" do Petrix inflamou ainda mais com outros 'takes' de imagens que poderiam parecer estranhos. Aliás, vários outros participantes estiveram inseridos em contextos parecidos, porém, o vídeo não foi levado adiante porque eles não tinham o "histórico" que Petrix tinha. Perseguição. Vítima de Troll.

Por fim, o próprio participante está confinado e nem sequer teve chance de se defender visto a enxurrada de críticas que levou e continua levando. Por isso, a assessoria de imprensa e também os familiares de Petrix Stevan Aguiar Barbosa seguem monitorando sua imagem na mídia e qualquer qualquer assunto que seja tratado de forma leviana será resolvido com processo judicial.

Assédio segundo o Código Penal: Art. 216-A. Constranger alguém com o intuito de obter vantagem ou favorecimento sexual, prevalecendo-se o agente da sua condição de superior hierárquico ou ascendência inerentes ao exercício de emprego, cargo ou função. Pena - detenção, de 1(um) a 2 (dois) anos. Definitivamente, este não é o caso de Petrix. Aliás, o que Petrix sofreu (e anos mais tarde denunciou no Fantástico), sim, foi abuso de verdade. Um homem adulto que na calada da noite colocava sua mão dentro da calça de crianças de 10 anos e, ele sim, tem 40 denúncias nas costas. Por favor, não banalizem a palavra assédio, pois não é verdade!

Caso parecido gerou eliminação

A situação de Petrix é muito parecida com a vivida por Vanderson no BBB 19.

Na ocasião, Vanderson também foi intimido a depor na Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepagúa. Como a Globo teve de cumprir a decisão, o brother acabou sendo eliminado da casa.

Vanderson era acusado por agressão física, estupro e importunação antes de ter entrado no BBB.

Por causa dessa situação, o ex-participante disse que irá processar o Estado do Rio de Janeiro.

"Não havia urgência", dizem os advogados de Vanderson. "Ela poderia ter esperado até ele sair do programa".

Especial BBB20