PUBLICIDADE
Topo

Especial BBB20

BBB 20: Irmão diz que Daniel tem déficit de atenção, mas pediu sigilo

Daniel fala com os brothers no Big Brother Brasil 20 - Reprodução/GloboPlay
Daniel fala com os brothers no Big Brother Brasil 20 Imagem: Reprodução/GloboPlay

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

07/03/2020 17h25

Irmão de Daniel Lenhardt, do "BBB 20", o vendedor autônomo Tomás Lenhardt revelou que o modelo sofre de TDAH - transtorno de déficit de atenção com hiperatividade. Daniel vem sendo criticado dentro e fora do reality show por repetidas infrações, que acarretam em punições (a perda de estalecas) para toda a casa.

"Com certeza [os erros de Daniel] tem relação [com o TDAH], pois vemos claramente que ele fica muito mal quando acontece isso, mesmo ele não querendo que aconteça. Ele pede desculpas, diz que vai se esforçar ao máximo para não acontecer e, por mais que diminua, às vezes acontece, é inevitável", afirma.

Tomás explica que Daniel manifestou os sintomas do déficit de atenção pela primeira vez na adolescência. "A família recebia reclamações da escola. Então percebemos que poderia ser algo relacionado a isso", diz.

Ele disse que Daniel chegou a ser diagnosticado clinicamente: "O TDAH inclui repetição de erros cometidos por descuidos, ser distraído por estímulos externos".

"Na vida adulta, ele está conseguindo se manter bem nos trabalhos, conseguindo se controlar bem com ajuda da ioga. A família e amigos amam o jeito dele. Está sempre alegre, brincando, tem coração puro e não faz nada por maldade. Se ele esquece alguma coisa, como o microfone na casa, não é para prejudicar ninguém, até porque o mais prejudicado nesse caso é ele", explica.

Tomás ainda diz que, provavelmente, o brother desaprovará a decisão da família de expor publicamente seu problema de saúde e que ele mesmo havia pedido que ninguém tocassem nesse assunto.

"Daniel vai ficar muito chateado e bravo comigo por expor isso, já que ele pediu sigilo a toda família até por sofrer bullying com isso. Porém chegou ao ponto crítico de pessoas, na internet, quererem agredi-lo e até que ele seja executado. A situação saiu do controle", desabafa.

"O povo aqui fora está o julgando como egoísta e sem pensamento coletivo, quando na verdade é o contrário. Ele cedeu duas lideranças que ganhou em conjunto, está sempre disposto a defender os amigos lá dentro. O mesmo Daniel puro e genuíno lá é o daqui de fora", defende.

Tomás não soube dizer se o irmão informou à produção do "BBB" sobre o o déficit de atenção. "Não imaginamos que seria um problema tão grave. Na verdade, lá na casa a grande maioria consegue ter uma ótima convivência com ele", diz.

Família estuda ir à polícia

Tomás Lenhardt afirma que a família avalia se irá registrar boletim de ocorrência contra as ameaças feitas pelas redes sociais.

"Incitação e apologia a violência são crimes graves. 'BBB' é entretenimento e não para as pessoas jogarem ódio gratuito por aí. Todas as pessoas erram lá dentro, e todas têm direito disso. Não gostar dele é um direito de todos, já ameaçar não é direito de ninguém", declara ele.

O irmão gêmeo de Daniel, Tadeu, inclusive chegou a ser ofendido na rua após ser confundido com o modelo. "Nossos medo também é pelo irmão gêmeo sofrer com isso na rua, como aconteceu no Carnaval, de receber xingamentos de várias pessoas", conta Tomás.

Especial BBB20