PUBLICIDADE
Topo

Televisão


Diretora de musical sobre Silvio Santos suaviza polêmicas: 'Brincadeira'

Velson D"Souza como Silvio Santos no musical "Silvio Santos Vem Aí" - Divulgação/Adriano Doria
Velson D'Souza como Silvio Santos no musical 'Silvio Santos Vem Aí' Imagem: Divulgação/Adriano Doria

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

13/03/2020 04h00

Silvio Santos vem aí, também no teatro. O lendário auditório do apresentador serve de cenário para o musical (cujo título, adivinhe, é "Silvio Santos Vem Aí"), que estreia nesta sexta-feira (13) no teatro Rooftop 033, na zona sul de São Paulo. O espetáculo narra parte da trajetória de um dos maiores apresentadores da televisão brasileira, em uma montagem descrita como uma "grande festa" em homenagem ao dono do SBT. Apesar disso, a diretora da produção, Fernanda Chamma, garante que a peça também mostrará lados mais difíceis da vida do Patrão de "maneira inteligente e bem costurada".

O dono do SBT é interpretado por Velson D'Souza, enquanto sua mulher, Íris Abravanel, é vivida por Bianca Rinaldi.

"A peça mostra desde o pai perdendo tudo no jogo e o Silvio começando a trabalhar como camelô à morte da primeira mulher. É uma homenagem à figura do apresentador. Não é só festa, o musical tem um posicionamento bacana. Ele é um grande comunicador, foi uma pessoa que conquistou muita coisa com o trabalho dele. Fiz questão de manter essa adrenalina que corre nas veias dele nesse tributo", descreve ela ao UOL.

Nos últimos anos, Silvio também tem sido alvo de uma série de polêmicas, sobretudo nos últimos anos, por conta de posicionamentos políticos e de comportamentos considerados inadequados e até preconceituosos. Para Fernanda, isso tudo faz parte do show:

"Acho que esse posicionamento é uma coisa da pessoa, da história. Todo grande artista tem uma maluquice. O jeito irreverente do Silvio Santos é uma brincadeira, com certeza. Ele está lá se divertindo e acho que as pessoas têm que entrar no jogo dele. Não vejo muita polêmica nisso. Sou uma pessoa que entende a geração da internet e do cancelamento, mas não sou muito presa a isso. Acho que os olhares diferentes, a diversidade, fazem parte da vida. Senão seria sem graça", opina ela.

Fernanda assina a direção do musical ao lado de Marília Toledo. O texto é de Marília e de Emílio Boechat. O espetáculo parte de um episódio em que o apresentador perdeu a voz e precisou fazer uma operação. Enquanto ele está anestesiado no hospital, ele delira sobre sua vida, criando as cenas do musical.

O cenário foi pensado para reproduzir a plateia e o palco do "Programa Silvio Santos", sucesso da TV aberta, e a ideia é que o público interaja com o espetáculo, como se o verdadeiro Silvio estivesse ali. Nomes como Diego Montez, Giselle Lima, Helen de Castro, Ivan Parente, Juliana Bógus, Roquildes Júnior e Vinícius Loyola completam o elenco.

"Toda estreia tem uma adrenalina, às vezes fico muito sobrecarregada. Nessa estou leve, não sei o porquê. É um espetáculo em um formato interativo, a pessoa tem que sentar e se divertir", diz Fernanda sobre suas expectativas.

Errata: o texto foi atualizado
Uma versão anterior deste texto se referiu, equivocadamente, à atriz Bianca Rinaldi como Bianca Bin. A informação foi corrigida.

Televisão