PUBLICIDADE
Topo

Saiba quem é Gisele Soares, substituta de Gabriela Prioli em debate da CNN

A advogada Gisele Soares substitui Gabriela Prioli no programa "O Grande Debate" - Reprodução/CNN
A advogada Gisele Soares substitui Gabriela Prioli no programa 'O Grande Debate' Imagem: Reprodução/CNN

Do UOL, no Rio

29/03/2020 19h09

A advogada Gisele Soares, substituta de Gabriela Prioli no programa "O Grande Debate" participou ontem de um debate na CNN sobre a parceria do governo federal com telefonias para monitorar aglomerações em meio à pandemia do novo coronavírus.

Gisele é doutoranda em direito comparado da Universidade Paris-Sorbonne, na França e membro da Comissão Permanente de Estudos de Direitos Humanos do Instituto dos Advogados de São Paulo (IASP) e já estará no ar no programa a partir de amanhã debatendo com o advogado Thiago Anastácio, membro do Instituto de Defesa do Direito de Defesa e conselheiro da Comissão de Defesa do Estado Democrático de Direito da OAB-RJ.

No debate de ontem, a advogada destacou a importância da tecnologia em situação de pandemia. "Nesse momento o uso da tecnologia para o controle de aglomeração é uma medida acertada, é muito importante que haja neste momento esse controle. A gente vai abrir de alguns direitos individuais em prol do coletivo. Já estamos abrindo mão do nosso direito de ir e vir, é só mais uma medida importante".

Após duas semanas de participação na CNN, Gabriela Prioli deixou o quadro e se reunirá com a emissora essa semana para definir sua situação. Ela fez um longo desabafo na manhã de hoje, no qual relatou que sentia constrangimento na frente e fora das câmeras.

"Não consigo atingir o meu objetivo se for constrangida e não posso seguir participando do debate sem que a convicção sobre a gravidade do constrangimento não seja só minha, mas de todos os envolvidos, na frente e atrás das câmeras".

Na sexta-feira (27), ela foi interrompida diversas vezes pelo mediador Reinaldo Gottino durante debate sobre a Justiça autorizar a prisão domiciliar de Eduardo Cunha.

"Me excedi ao interromper. O meu papel ali é conduzir o debate para que os dois lados tenham espaço para expor suas ideias. Minha postura excedeu a de mediador. Peço desculpas a Gabriela por isso. Esse pedido de desculpas, enviado a ela no início da manhã de domingo, se estende também à emissora e ao público", diz Gottino.

A emissora afirma em comunicado que, após o episódio, todos os profissionais envolvidos no programa conversaram na redação e o assunto foi considerado superado.

Televisão