PUBLICIDADE
Topo

Huck, nos 20 anos do Caldeirão: 'Cabe a nós a construção do novo mundo'

Luciano Huck, durante o Caldeirão do Huck - Divulgação/Globo
Luciano Huck, durante o Caldeirão do Huck Imagem: Divulgação/Globo

Do UOL, em São Paulo

04/04/2020 18h47

O Caldeirão do Huck comemorou, hoje, 20 anos no ar, e o apresentador Luciano Huck mandou um recado de esperança no final do programa. Segundo ele, "cabe a nós a construção do novo mundo" após o término da pandemia de coronavírus.

"Todas essas mudanças desafiaram a gente a lidar, ainda mais, com sentimentos como medo, ansiedade, angústia, insegurança, o medo do vírus em si, do impacto econômico, o medo de ficar sem comida na mesa. São vários sentimentos. Além da gente se proteger do vírus, a gente tem que proteger a nossa cabeça", começou.

"A gente precisa cuidar da saúde mental. Tenta cuidar do seu corpo, toma sol, não deixa se abater demais com as notícias trágicas, não tenha vergonha de pedir ajuda. Por mais confusa que as coisas estejam, elas vão passar", disse o apresentador.

"Se de um lado estamos isolados, as famílias nunca estiveram tão juntas. A gente estava em um mundo tão desigual, agora surge um evento que atinge a todos nós. O mundo vai ser diferente quando isso passar. Cabe a cada um de nós a construção desse novo mundo", acrescentou.

Televisão