PUBLICIDADE
Topo

Em vídeo vazado, Johnny Depp afirma que teve dedo cortado por Amber Heard

Reprodução / Internet
Imagem: Reprodução / Internet

Do UOL, em São Paulo

07/04/2020 17h35

Na última segunda-feira (6), o site do jornal Daily Mail publicou uma parte de um depoimento em vídeo de Johnny Depp do ano de 2018. Nele, o ator descreve sua versão de uma briga ocorrida em março de 2015 com a então esposa Amber Heard.

No documento, Johnny afirma que teve um sangramento depois de Amber ter jogado uma garrafa de vodka quebrada na sua mão, que estava apoiada em um balcão de mármore. Segundo ele, o motivo da briga teria sido um contrato pós-nupcial.

No vídeo, ele diz: "Estava tentando recuperar o dedo", sorrindo. "E lidando com a inanidade de ter meu dedo cortado por esta mulher com quem eu era casado".

A versão de Amber sobre o desentendimento é completamente diferente. Segundo ela, o ator estava a agredindo com uma das mãos enquanto batia com um telefone de plástico duro contra a parede com a outra. Com isso, teria provocado o ferimento em si mesmo.

O vídeo com o depoimento faz parte de uma ação contra o ex-advogado de Depp, Jake Bloom, que foi encerrada em outubro do ano passado. O ator acusou o advogado de acumular 30 milhões de dólares durante os 18 anos em que trabalharam juntos, mas o processo foi resolvido com um acordo. Depp discutiu o dedo ferido em seu depoimento porque teria sido o advogado quem elaborou o contrato pós-nupcial que teria gerado o desentendimento entre o casal.

Famosos