PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Mário Frias: de galã da 'Malhação' a possível novo secretário de Cultura

Daniel Palomares

Do UOL, em São Paulo

20/05/2020 10h46

Resumo da notícia

  • Mário Frias é o mais cotado para assumir a secretaria de Cultura do governo Jair Bolsonaro após a saída de Regina Duarte
  • O ator despontou como galã de "Malhação" nos anos 1990 e emendou várias novelas na Globo, Band e RecordTV
  • Atualmente, Mário apresenta um programa de turismo na RedeTV!

Mário Frias é o nome mais cotado para substituir Regina Duarte no cargo na Secretaria especial da Cultura no governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Aos 48 anos, o ator iniciou sua carreira como galã em "Malhação" e, até o fim do ano, apresentava um programa turístico, o "A Melhor Viagem", na RedeTV!.

Lá vamos nós! #brasilia #novoprograma #tvshow

A post shared by Mario Frias (@mariofriasoficial) on

O primeiro papel de Mário na televisão foi em 1996, ao lado de Angélica, no seriado "Caça Talentos", atualmente sendo reexibido no canal Viva. Em 1998, ele estreou em "Malhação" na quarta temporada da novelinha, interpretando Escova, personagem que o catapultou nos anos seguintes.

mar2 - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Mário Frias e os colegas na época de "Malhação"
Imagem: Reprodução/Instagram

Ao todo, Mário participou de outras três temporadas de "Malhação", entre 1999 e 2001, e novamente em 2014. Nas novelas, ele esteve em "As Filhas da Mãe", "O Beijo do Vampiro" e em "Senhora do Destino", em um de seus papéis de maior destaque, o deputado corrupto Thomas Jefferson.

Foi na Globo que Mário conheceu sua primeira mulher, a atriz Nívea Stelmann, com quem teve o primeiro filho, Miguel, nascido em 2004. Os dois se separaram após dois anos de casamento, em 2006, e em 2008, o ator se casou novamente com Juliana Camatti, com quem teve outra filha, Laura, nascida em 2011.

Fora da Globo, Mário estrelou produções da Band como "Floribella" e da RecordTV como "Os Mutantes", "Bela, a Feia" e "A Terra Prometida". Sua última passagem pela Globo foi uma pequena participação em "Verão 90", exibida no ano passado.

mar - Mario Frias comenta sobre volta à TV: "Sempre preferi tentar novos desafios" - Foto: Reprodução/Instagram - Mario Frias comenta sobre volta à TV: "Sempre preferi tentar novos desafios" - Foto: Reprodução/Instagram
Imagem: Mario Frias comenta sobre volta à TV: "Sempre preferi tentar novos desafios" - Foto: Reprodução/Instagram

Como apresentador, Mário comandou o game show "O Último Passageiro" na RedeTV! entre 2010 e 2013, além do programa "Super Bull Brasil", exibido na mesma emissora em que segue até hoje, apresentando o "A Melhor Viagem".

Apoiador ferrenho de Bolsonaro nas redes sociais, Mário já demonstrava interesse em assumir o cargo na secretaria de Cultura. "O que o Jair precisar, estou aqui. Pelo Brasil, faço o que for preciso. Respeito o Jair demais. Vejo o Brasil com chance de ser um país digno, respeitado, honesto, com uma democracia forte e consolidada", disse o ator, em entrevista a CNN Brasil nesta semana.

Durante almoço em Brasília ontem, o presidente Jair Bolsonaro convidou Mário a assumir o cargo na Secretaria de Cultura após a saída de Regina Duarte da função.

Famosos