PUBLICIDADE
Topo

Leo Dias diz que Anitta inventou atrito com Preta Gil por causa do Carnaval

Preta Gil - Reprodução/Instagram
Preta Gil Imagem: Reprodução/Instagram

Debora Luvizotto

Do UOL, em São Paulo

25/05/2020 22h43

Desde ontem, Anitta e Leo Dias vêm trocando acusações nas redes sociais. Em uma das mensagens publicadas no Twitter, o jornalista citou que teria ajudado a cantora a ter um trio elétrico no Carnaval do Rio. Porém, segundo ele, Anitta dizia que Preta Gil impedia que isso acontecesse. Mas que essa história era mentira da funkeira.

"E quando eu fui à Prefeitura do Rio falar com o Eduardo Paes? Perguntem a ele. Eu queria que a Anitta tivesse um trio, ela dizia que a Preta impedia. Mentira! O prefeito do Rio disse que jamais a Preta fez isso. Lembra Anitta de como eu te ajudei a ter um trio no Carnaval?", escreveu Leo Dias, no Twitter.

Ao UOL, o ex-prefeito do Rio de Janeiro Eduardo Paes confirmou que conversou com Leo Dias a respeito do trio elétrico de Anitta. "Foi mesmo, ele pediu por ela, sim", disse o político carioca, cujos mandatos duraram entre 2009 e 2017.

Em 2019, o jornalista lançou uma biografia não autorizada da cantora, "Furacão Anitta". Na época, Preta Gil foi procurada por ele e negou qualquer envolvimento na história do trio elétrico do Carnaval carioca. Procurada pelo UOL, a assessoria de Preta reiterou a informação e disse que a cantora não voltaria a se manifestar sobre o assunto.

Ontem, a filha de Gilberto Gil também teve seu nome citado em um suposto áudio vazado de Anitta. Nele, a cantora teria falado de um suposto grupo no WhatsApp entre Preta, Pabllo Vittar e Gominho, no qual falariam mal de Anitta e também de Marília Mendonça.

Na mesma noite, Preta Gil gravou um vídeo de quase 13 minutos. Na gravação, ela fala de quando foi procurada pelo jornalista pela ocasião da publicação do livro e que desmentiu o que lhe foi perguntado. Também mencionou uma suposta interferência para evitar uma participação de Anitta em um DVD com Claudia Leitte, para não chatear Ivete Sangalo. E disse que esclareceu com todos os envolvidos as supostas fofocas na época em que surgiram.

"O que me chocou e me deixou chateada é a história de que estava falando mal da Marília Mendonça neste grupo e a teria chamado de gorda. Eu nunca falei mal de Marília em lugar nenhum e para ninguém, porque não tenho motivo. É uma mulher que eu admiro".

"Primeiramente, chamar a Marília de gorda, eu não chamei em lugar nenhum. Em segundo lugar, chamar alguém de gorda não é ofensa. Eu sou gorda. Pode me chamar de gorda", completou. "É tudo mentira, é chocante, é triste", finalizou.

Leo Dias disse, ainda no Twitter, que Anitta "sempre falou mal de Preta". E que a funkeira teria usado Preta e Marina Morena, filhas de Gilberto Gil, para se aproximar dele e de Caetano Veloso.

Anitta foi procurada pelo UOL para comentar o vazamento, mas, por meio de sua assessoria de imprensa, informou que não iria se manifestar.

Famosos