PUBLICIDADE
Topo

Marcela pede desculpas a Dilma por ofensas na web: 'Grande arrependimento'

Manuela D"Ávila e Marcela Mc Gowan em live no Instagram - Reprodução/Instagram
Manuela D'Ávila e Marcela Mc Gowan em live no Instagram Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/05/2020 22h03

Marcela Mc Gowan, ex-participante do BBB 20, promoveu uma live em seu Instagram na noite de hoje na qual conversou com Manuela D'Ávila, candidata a vice-presidente da República em 2018 na chapa de Fernando Haddad.

A conversa entre as duas girou em torno do feminismo e sobre a situação das mulheres no país em tempos de pandemia causada pelo novo coronavírus, além da situação política sob Jair Bolsonaro. Em determinado momento, a médica resolveu falar sobre as ofensas que proferiu contra a ex-presidente Dilma Rousseff em suas redes sociais em 2013.

As postagens, que vieram à tona enquanto ela ainda estava confinada no reality, causaram polêmica por conta de seu teor. Em uma delas, Marcela disse que sonhava com a então mandatária da República passando mal durante o seu plantão. Ela também desejou que Dilma tivesse um fã "como o de John Lennon", fazendo citação ao assassinato do ex-Beatle em dezembro de 1980. Ele foi alvejado por um fã na entrada do prédio onde morava em Nova York.

Na época, Marcela também se manifestou politicamente criticando o programa Mais Médicos e usando hashtags como "o gigante acordou" e "fora Rede Globo" — emissora que, ironicamente, produz o programa do qual ela participou.

Na transmissão, Marcela mostrou arrependimento por suas atitudes no passado. "Eu fui uma pessoa alienadíssima de política até 2018", confessou, recebendo reação de Manuela: "Eu vou perguntar isso para ti, porque as pessoas estão ó, em mim", fazendo um sinal com as mãos.

"Eu quero tirar isso da minha frente. Em 2018, foi a primeira vez na minha vida que eu olhei para a política pela primeira vez. Antes disso, era aquilo que a gente chama de 'massa de manobra', reproduzindo todo o discurso da bolha de uma maneira extremamente anti-partidos, sem nenhum senso crítico", explicou.

"Não tenho nenhum orgulho", diz Marcela

Em seguida, comentou sobre sua antiga postura. "Falas extremamente irresponsáveis, não tenho nenhum orgulho, [tenho] muito arrependimento, e eu falo hoje que graças a Deus eu tinha zero influência quando eu tinha esse tipo de discurso e hoje eu posso usar a minha influência de maneira inteligente e com senso crítico", ponderou.

"Mas foi muito um despertar da bolha só naquela polarização. Acho que foi para muitas pessoas um momento de olhar pela primeira vez para a política, muitos jovens, principalmente", frisou. "Então, para tirar isso da minha frente, eu tenho um grande arrependimento, um dia se eu puder me desculpar pessoalmente com a Dilma por qualquer discurso que tenha tido contra ela", afirmou Marcela.

Manuela disse que entregará o recado. "Pode falar que eu mando para ela depois", disse a ex-deputada. Marcela continuou: "Esses dias eu quase mandei no Instagram [de Dilma], mas eu falei: 'Deve ser a equipe dela [a cuidar das redes], porque é uma dor grande como mulher, sabe? Eu acho que, independente de partido, que as pessoas tem todas as polarizações delas, eu acho que a gente... E quero que você fale sobre isso daqui a pouco, sobre como a misoginia que pegou em cima da Dilma, isso foi uma coisa que eu fui entender muito tempo depois", complementou.

"Enfim, fica aqui as minhas desculpas públicas em relação a isso, do fundo do meu coração, eu tenho uma grande admiração por ela como mulher, por tudo que ela deu a cara por nosso país, e o entendimento do que ela passou veio para mim, infelizmente, muito tardio", finalizou.

Especial BBB20