PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Jimy Raw, ex-apresentador do Globo de Ouro, morre aos 58 de coronavírus

O apresentador e radialista Jimy Raw, em foto de 2011 - Reprodução/Facebook
O apresentador e radialista Jimy Raw, em foto de 2011 Imagem: Reprodução/Facebook

Do UOL, em São Paulo

03/06/2020 10h14Atualizada em 03/06/2020 11h51

O radialista e apresentador Germano Raw Neto, mais conhecido pelo nome artístico Jimy Raw, morreu aos 58 anos, vítima do novo coronavírus. A notícia foi confirmada por Andrea Raw, sobrinha dele, no Facebook.

O apresentador ficou conhecido por sua participação no programa musical "Globo de Ouro", da TV Globo, no fim dos anos 1980. Também trabalhou na Rádio Tupi, na 98 FM e na Antena 1.

Carreira

Jimy começou sua trajetória foi como produtor do extinto "Aqui Agora", ainda na TV Tupi. Em frente às câmeras, ele comandou ainda o "Bike Show" e "Schock", ambos da TV Manchete.

A última vez que esteve à frente do Globo de Ouro foi em 1990. A sua parceira de palco foi a atriz Adriana Esteves. Dois anos depois, ele se lançou como cantor com o álbum "Tudo Bem".

Internação

Com sintomas da covid-19 desde abril, Jimy Raw foi três vezes a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) até conseguir uma vaga na UTI do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, no Rio de Janeiro, considerado referência no atendimento às vítimas da doença. Apresentando melhora, ele deixou a unidade nove dias depois, sendo transferido para a enfermaria.

Na época, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos), postou no Twitter o vídeo de Jimy Raw deixando a UTI. "Vocês são meus heróis", dizia ele aos médicos, em meio a aplausos.

Jimy voltou a passar mal no último fim de semana e foi levado mais uma vez à UTI do Ronaldo Gazolla, onde morreu. "Que você seja bem recebido pela nossa família no plano espiritual. Muito difícil esse momento para mim", escreveu a sobrinha do radialista na rede social.

Em comunicado em seu site oficial, a Rádio Tupi lamentou a morte e "agradeceu a parceria de todos esses anos".

Famosos