PUBLICIDADE
Topo

Como Maisa foi acusada de ser 'podre e falsa militante' por uma boa causa

Ameaçaram expor Maisa nas redes, mas não era bem isso... - Reprodução/vídeo
Ameaçaram expor Maisa nas redes, mas não era bem isso... Imagem: Reprodução/vídeo

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

05/06/2020 13h41

Se existe um consenso na internet, nas ruas, nas baladas, nos parques, na vida mesmo, é que Maisa é uma fada sensata e sem defeitos. Ou será que não?

Acontece que, ontem, as fundações cósmicas se abalaram quando uma tuiteira declarou que iria expor a verdade sobre Maisa, e explicar o porquê de ela não ser o que aparenta. "Exposed da Maisa e o porquê dela ser podre e falsa militante; a thread", escreveu a possível delatora, que se identifica como Klara.

Mas, porém, entretanto, todavia, se tratava de um "exposed" do bem. Na verdade, Klara inventou a notícia para chamar a atenção para uma causa importante: a luta contra o racismo. Quando os fãs clicavam na tal thread, se deparavam com uma série de petições que pedem justiça para mulheres e homens negros, como George Floyd e Breonna Taylor, mortos nos Estados Unidos, e o brasileiro Miguel, que morreu ao cair de uma janela, enquanto estava sob os cuidados da patroa de sua mãe.

Nos comentários, Klara explicou sua ação: "Sim, Maisinha é um ícone, mas só assim para as pessoas verem e assinarem as petições". A própria Maisa entrou na conversa e comentou a postagem. "Me desculpem, sério, quem me conhece sabe", declarou ela, em tom de brincadeira.

No final, os fãs respiraram aliviados que seu ícone não estava de fato sendo exposto.

E Klara conseguiu seu objetivo de alertar para uma causa importante. Até a publicação deste texto, a postagem já contava com quase 20 mil retuítes e mais de 69 mil likes.

Famosos