PUBLICIDADE
Topo

Ricco: Silvio já teria sido demitido se fosse diretor de outra emissora

Silvio Santos - Reprodução/SBT
Silvio Santos Imagem: Reprodução/SBT

Do UOL, em São Paulo

05/06/2020 04h00

A Globo, líder de audiência na TV aberta, já tem sua posição consolidada. Mas há uma disputa interessante entre Record e SBT pela vice-liderança.

Este é um dos assuntos do podcast UOL Vê TV #30, em que Chico Barney, Débora Miranda, Flávio Ricco e Maurício Stycer comentam sobre a concorrência das emissoras pelo segundo lugar e sobre os programas que estão no ar.

Maurício Stycer lembra que o SBT, por 12 meses seguidos, foi vice-líder no Painel Nacional de Televisão (que mede a audiência das 15 principais regiões metropolitanas do país) até março de 2020. Mas em abril e maio, a Record reconquistou o segundo lugar. "Eu festejo isso porque acho que a Record está se mexendo muito mais que o SBT nesse momento", ele diz. (disponível no vídeo acima a partir de 27:20)

Flávio Ricco acredita que a Record merece o segundo lugar por ter mais jornalismo em sua grade. "Há um interesse maior em notícia. O SBT tem aquele jornalismo de brincadeira de manhã, que não dá para levar a sério, e tem só 1h do 'SBT Brasil'. Enquanto a Record tem uma carga jornalística muito importante, conta pontos neste momento, apesar de a emissora ter na madrugada 4h de [programação da] Igreja que não pontua."

Ao comparar as mudanças drásticas que o SBT faz de uma hora para outra, ele lembra uma fala de Boni, executivo considerado o pai da Globo: "Televisão é hábito". "Tem que fazer o telespectador se acostumar em ver aquele programa naquele horário, naquele canal."

O Silvio Santos, como diretor de programação de qualquer outra emissora, já tinha sido mandado embora há muito tempo. É que o SBT é dele, ele erra à vontade e não acontece nada. Mas Silvio Santos como diretor de programação é um excelente animador.
Flávio Ricco

Chico Barney diz que o SBT deveria ser o menos afetado pela pandemia, já que sua programação é recheada de reprises e programas antigos. "Não tem muita novidade que eles precisaram pausar a produção. Se colocar um monte de reprise de Silvio Santos e de Ratinho muita gente nem percebe, porque é sempre igual. Então me causa espanto a queda do SBT."

Ele pontua que a Record também comete erros graves e diz que a escolha das novelas da emissora é um "escândalo". "A Globo pegou as maiores audiências recentes e reprisou. O que a Record faz? Pega um fracasso monumental como 'Apocalipse', que ainda é um negócio baixo astral nesse momento em que o mundo está de fato acabando."

Não tem nada de mais mau gosto do que, nessa época da vida, estar passando 'Apocalipse' na TV. É descolado da realidade, eu não me conformo.
Débora Miranda

A editora de TV e Famosos do UOL concorda com Chico Barney no que diz respeito aos erros da Record. "Eu acho que, no fundo, ganhou quem está fazendo alguma coisa. O SBT saiu de férias em dezembro, começou reprise e não voltou até agora. O jornalismo, quando tenta fazer alguma coisa, acaba vitimado pelas alterações de humor [de Silvio Santos]. Então ganhou quem está fazendo TV, entre esses dois canais."

Stycer observa que há, na Record, um investimento muito grande em jornalismo policial, como o 'Cidade Alerta'. "O mundo pode estar acabando em Brasília que não importa para o 'Jornal da Record'. É só polícia, e só no meio eles começam a tratar de crise política, pandemia etc. Tem um excesso e é uma coisa fácil de fazer porque tem caso de polícia o tempo todo, e eles emendam casos pequenos, remotos, insignificantes. É um exagero que levanta audiência."

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV no Spotify, no Apple Podcasts ou em outros aplicativos de podcasts. No Youtube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo. Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar -no computador, no smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão todos disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Televisão