PUBLICIDADE
Topo

Repórter da Record nega ter forjado matéria com 'reaparecimento' de filho

Daiane Dalle Tese é repórter do Cidade Alerta RS - Reprodução/Instagram
Daiane Dalle Tese é repórter do Cidade Alerta RS Imagem: Reprodução/Instagram

Felipe Pinheiro

Do UOL, em São Paulo

29/06/2020 09h43

A repórter Daiane Dalle Tese, do "Cidade Alerta" do Rio Grande do Sul, jamais poderia imaginar a repercussão de uma entrevista com uma mãe sobre o filho desaparecido.

No momento da entrevista, transmitida ao vivo pela Record, o filho surge entrando em casa e a mãe, muito nervosa, se revolta e ameaça dar uma surra no filho que estava sumido havia cinco dias.

Comecei a rir de nervoso, pois foi inusitado. Foi uma mistura de alívio pela pessoa estar bem com a reação da família

Daiane continuou no ar e precisou se virar nos 30 com aquela situação inesperada. A mãe briga com o filho e pede desculpas aos telespectadores.

"Muitos acham que era combinado, mas pela minha reação dá para notar que não é. Eu fico sem palavras", diz ela.

"Algumas pessoas comentaram, 'nossa a jornalista ria enquanto a mãe passava mal'. Se ela estivesse passando mal mesmo eu teria largado o microfone, por muito menos eu encerrei links ao vivo", afirma a repórter.

Na realidade, a mãe só estava nervosa, ou melhor, furiosa. Ela conta que nem chegou a falar com o "desaparecido" e que após a entrevista, talvez a mais inusitada de sua carreira, seguiu de volta para a emissora.

"A família agradeceu nossa atenção e pediu desculpas pelo 'transtorno'", conta.

Quando cheguei na TV todos só falavam disso. E como repercutiu! Tô até assustada. Agora não paro de rir

Televisão