PUBLICIDADE
Topo

Ex-mulher processa autor de 'O Código da Vinci' e acusa: 'vida de mentiras'

Dan Brown, autor de livros como "O Código da Vinci" e "Inferno" - ZIK Images/United Archives via Getty Images
Dan Brown, autor de livros como "O Código da Vinci" e "Inferno" Imagem: ZIK Images/United Archives via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

30/06/2020 18h27

Blythe Brown, ex-mulher de Dan Brown, acusa o autor de "O Código da Vinci" de viver "uma vida proverbial de mentiras". Em um processo, ela alega que o escritor teria usado bens conjugais para pagar coisas relacionadas a casos com várias outras mulheres.

De acordo com a ex-esposa, Dan teria usado o dinheiro para esconder os affairs. Os documentos do processo foram obtidos pela revista People, dos Estados Unidos, e a ação foi registrada em um tribunal de New Hampshire.

As alegações de Blythe envolvem "conduta infiel e notória" que ele teria levado durante o casamento, que terminou em dezembro de 2019. O processo trata Blythe como uma mulher que sempre apoiou Dan Brown, com quem se casou em 1997.

"O relacionamento entre Blythe e Dan era baseado em confiança mútua, respeito e honestidade, ou pelo menos era o que ela acreditava. No fim, nos últimos anos do casamento, Dan passou a mentir e a decepcioná-la sistematicamente", diz o processo.

Em resposta a estas acusações, que diz serem "falsas", Dan Brown se disse "atordoado" e afirmou que sempre foi justo e verdadeiro com Blythe. Ele justifica que a ex-mulher recebeu mais da metade de suas posses com o divórcio.

"Por motivos que só ela e seu advogado sabem, Blythe Brown criou neste processo uma história fictícia e vingativa sobre os aspectos do nosso casamento, com o objetivo de me machucar e me envergonhar", reagiu Dan Brown à People.

Famosos