PUBLICIDADE
Topo

Stycer: Renato Aragão ficou com uma injusta má fama de arrogante

Renato Aragão - Renato Aragão (Foto: Divulgação/ Instagram)
Renato Aragão Imagem: Renato Aragão (Foto: Divulgação/ Instagram)

Do UOL, em São Paulo

01/07/2020 04h00

Foi grande a repercussão da notícia de que, depois de 44 anos de casa, a emissora encerrou o contrato de Renato Aragão. Em conversa com o UOL, o ator e humorista de 85 anos reiterou a disposição de seguir em frente, dizendo que a decisão ampliou os projetos dele e que esta é uma nova etapa. Esse é um dos assuntos do podcast UOL Vê TV #33, com Chico Barney, Débora Miranda e Maurício Stycer. Ouça abaixo.

Junto com a novidade, veio também uma onda de agressividade nas redes sociais direcionada ao artista, segundo Stycer. "Isso me assusta muito. Eu acho uma grande injustiça o que ocorre com Renato Aragão porque ele ficou com uma má fama de cara arrogante, uma lenda urbana que já foi desmentida de que ele exigiu a um motorista que se referisse a ele como Doutor Renato, não há provas, nunca encontraram esse motorista." (no vídeo, a partir de 16:50)

Para Stycer, essa fama é um reflexo do comportamento do ator. "Teve um impacto muito grande quando ele se separou dos outros Trapalhões nos anos 80, eles brigaram, ele ficou com a fama de vilão, talvez tenha sido, mas eles voltaram a se reunir. Ele lida mal com a imprensa, não gosta de aparecer, é desconfiado, e isso ajudou a alimentar essa má fama e injusta de que é um cara arrogante."

Esse ódio com o Renato Aragão é uma grande injustiça por tudo o que ele fez, pelo artista que ele é, pelas coisas que ele criou. É um artista excepcional, tem uma importância para o humor, para o cinema e para a comédia brasileira.
Maurício Stycer

Chico Barney concorda e reitera: "[Ele tem importância] Para a memória afetiva do brasileiro. Quem tem um pouco mais de 25, 30 anos, cresceu vendo e se divertindo. Quem quer conhecer melhor da obra de Didi Mocó, digite no YouTube: 'Mussum armando uma pindureta'. Uma obra-prima do Didi Mocó, é genial."

Você pode ouvir o programa UOL Vê TV no Spotify, no Apple Podcasts ou em outros aplicativos de podcasts. No YouTube, a gravação do programa também é transmitida em vídeo. Podcasts são programas que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar -no computador, no smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Os podcasts do UOL estão todos disponíveis em uol.com.br/podcasts.

TV e Famosos