PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Maisa fala sobre alimentação vegetariana: 'Obriga a pensar fora da casinha'

Maisa explicou os motivos que a levaram a deixar de comer carne - Reprodução/YouTube
Maisa explicou os motivos que a levaram a deixar de comer carne Imagem: Reprodução/YouTube

Colaboração para o UOL, em São Paulo

07/07/2020 21h04

Em vídeo publicado no seu canal na noite de hoje, Maisa Silva falou sobre a mudança de sua alimentação para uma dieta ovolactovegetariana. A artista ainda utilizou o espaço para responder a algumas perguntas de seus fãs.

"O nome do meu estilo é ovolactovegetariana, ou seja, eu não como carne mas eu como derivados dos animais, como o mel e o ovo", explicou a cantora logo no início do vídeo. "Eu parei de comer embutidos em 2017 depois de assistir ao filme 'Okja'. Foi um despertar para mim", completou, fazendo referência ao filme original da Netflix, que estreou no mesmo ano.

Maisa ainda contou que teve uma experiência de não comer nenhum tipo de carne no ano seguinte, mas acabou retornando à dieta onívora. Entretanto, a cantora disse que sentiu-se fisicamente mal com a ingestão destes alimentos e que, depois de exames, acabou decidindo por não consumi-los. "E aí parei de passar mal", contou.

A dieta ovolactovegetariana começou oficialmente em agosto de 2019. "A dieta foi baseada nas minhas necessidades que a minha nutricionista encontrou a partir de um exame de sangue", alertou a cantora para os telespectadores, afirmando a necessidade de realizar exames médicos para encarar este tipo de mudança.

"Além de não estar fazendo bem para o meu organismo, hoje eu estou muito mais pegada a essa questão ambiental. Tenho muito mais empatia pelos animais, eu me apeguei muito na causa e descobri novos sabores. Eu gosto que a alimentação vegetariana obriga você a pensar fora da casinha."

"A gente é educado a comer de uma forma muito quadrada e a pensar que tudo o que é vegetariano é caro ou ruim, sendo que não", opinou.

Maisa ainda revelou que não possui desejo de se alimentar de carne, mas que também não sente enjoo quando vê este tipo de alimento na mesa de jantar da sua casa. "Eu não tenho vontade de comer, mas respeito. Não imponho que as pessoas tenham que parar de comer carne."

Famosos