PUBLICIDADE
Topo

MasterChef volta repaginado em maior mudança de formato de sua história

MasterChef voltará repaginado - Divulgação
MasterChef voltará repaginado Imagem: Divulgação

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 10h50

Esqueça as subidas ao mezanino e a expectativa para saber quem vai ser o grande Master Chef Brasil. Na nova temporada, que a Band já grava há semanas e estreia em 14 de julho, o programa terá um campeão por episódio, além de uma série de outras mudanças. O motivo: a pandemia do novo coronavírus.

A gente não vai ter um supercampeão, a gente vai ter vários campeões ao longo da temporada. Cada episódio se resume nele mesmo, a cada episódio a gente tem oito participantes para reduzir o tempo das pessoas no estúdio. A gente consegue ter mais sonhos sendo realizados, isso muda um pouco a dinâmica, claro - a apresentadora Ana Paula Padrão sobre a nova edição.

A equipe, guiada por um grupo de especialistas, criou novas dinâmicas para manter o distanciamento social e garantir a segurança de seu elenco.

Por exemplo: agora, só quatro participantes entram no famoso mercado da atração, que teve seu layout alterado, e a própria apresentadora não se aproximará mais fisicamente dos competidores. O ambiente também está passando por um processo de higienização constante.

"Ninguém vai mais pro mezanino, está todo mundo o tempo inteiro disputando", destaca Ana.

Apesar disso, ela garante que a competição seguirá com as mesmas emoções de sempre.

Acho que o jogo ficou mais emocionante, porque ele é mais rápido, as pessoas estão muito mais pressionadas pelo tempo dessa vez.

Cestas básicas

O estilo de culinária do reality também está diferente. Agora, não se verão mais os pratos tão refinados da culinária francesa, mas comidas mais simples, mais próximas da realidade das casas dos brasileiros, segundo os responsáveis pela atração.

"Eu acho que tem um tempero especial dessa temporada: as provas foram pensadas com pratos muito mais populares, com coisas muito mais acessíveis às pessoas. Isso é muito mais emocionante, porque você vê o que de verdade acontece na casa das pessoas", afirma a jurada Paola Carosella.

Ana Paula Padrão reforça a visão da colega

É um programa muito de verdade dessa vez, a comida é aquela que você come todo dia em casa, as propostas de prova são de comidas triviais, que você encontra em qualquer lugar, quase cestas básicas. Acho que isso traz mais o programa para dentro da casa de cada um.

Os prêmios também serão diferentes dessa vez. Cada vencedor receberá um prêmio de R$ 5000 e uma série de prêmios dados pelos patrocinadores da atração. Além disso, a cada episódio, também serão doados R$ 5000 para uma instituição.

A gente acredita que é uma temporada especial, com todos esses aditivos que Ana trouxe: a relação da solidariedade de ajudar uma comunidade do Brasil que está vivendo um momento tão sensível. Já era uma preocupação que queria trazer para o programa muito antes da pandemia. Acho que falar sobre a cesta básica, o quanto você se sente representado, o que você pode cozinhar na quarentena, é a chave dessa temporada. - Marisa Mestiço, diretora do reality.

MasterChef