PUBLICIDADE
Topo

ONG acusa Claudia Ohana de devolver cachorros; atriz nega abandono e rebate

A atriz Claudia Ohana com seus cachorros adotados, em foto postada em janeiro - Reprodução/Instagram
A atriz Claudia Ohana com seus cachorros adotados, em foto postada em janeiro Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

18/07/2020 17h05

A atriz Claudia Ohana rebateu a ONG Projeto Toca do Bicho após ser acusada de devolver dois cachorros que adotou antes da quarentena do coronavírus. No Instagram, Ohana negou que tenha devolvido os animais.

Tudo começou com um post da ONG sobre os dois cães, Thor e Tigrão, que tinham sido adotados pela atriz no final do ano passado.

"Fui adotado com dois meses com meu irmão. Fui devolvido aos sete meses. Me pergunto o que eu fiz para merecer... estou muito deprimido. Preciso de amor de uma família. Beijos do Trigrão", dizia o post.

"Sou o Thor. Irmão do Tigrão. Também fui devolvido. Dormíamos na cama da mamãe. De repente, não nos quis mais! Estou sofrendo, porque sei que é difícil uma adoção conjunta", acrescentou.

Após ser criticada nas redes sociais, Ohana afirmou ter deixado os animais com a ONG apenas durante a pandemia e que iria buscá-los após o isolamento. A justificativa, segundo ela, foram muitas dores nas costas [como parte de cuidar dos animais] e que não podia contar com a ajuda de outras pessoas.

"Eu fiquei muito chateada com a ONG Toca do Bicho. Eu adotei eles pouco tempo antes da pandemia e aí veio a pandemia e eu fiquei sozinha em casa. Aguentei 3 meses de limpar tudo, eles foram destruindo... normal, cachorros pequenos", disse a atriz, em vídeo.

"E não tava aguentando minhas costas, eu dei um jeito nas costas. E eles iam para a casa do meu primo, que é praticamente meu irmão, e o pessoal da Toca do Bicho não deixou eu mandar. Aí eles falaram que tudo bem, que eles poderiam ficar lá um tempo e que depois eles voltariam para cá", apontou.

Ohana ainda acusou a ONG de colocar os cachorros dela para adoção e de fazer publicidade em cima. "Eu tenho muita saudade dos meus cachorros, eu não abandonei eles. Ela [a ONG] falou que ia me ajudar".

Eu na?o abandonei @projetotocadobicho

Uma publicação compartilhada por Claudia Ohana (@ohanareal) em

A confusão não acabou por aí. No Instagram, a ONG afirmou que não foi sensacionalista e que faz um trabalho sério.

"Só para complementar, demoramos até na divulgação porque tínhamos esperança que o adotante nos procurasse, sentindo a falta deles. Mas em mais de 1 mês no abrigo, a pessoa sequer mandou um zap, ligou ou procurou saber se precisavam de algo. Isso era amor? Você agiria assim com seus filhos que dizia amar?", disse a organização.