PUBLICIDADE
Topo

Novela

Fina Estampa


Fina Estampa

Pigossi é a favor da censura ao criticar Fina Estampa, diz Aguinaldo Silva

Aguinaldo Silva rebateu as críticas feitas por Marcos Pigossi sobre a reprise de Fina Estampa - Reprodução/Instagram
Aguinaldo Silva rebateu as críticas feitas por Marcos Pigossi sobre a reprise de Fina Estampa Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

12/08/2020 08h09

Aguinaldo Silva não recebeu com leveza uma crítica de Marcos Pigossi a "Fina Estampa", novela escrita pelo autor e que teve o ator no elenco. Pigossi disse que a novela deveria "ser proibida de ser reprisada". O autor, por sua vez, citou a audiência do folhetim para se defender.

Em live com João Vicente, Pigossi disse que sente vergonha do folhetim, cuja reprise está no ar na TV Globo.

"Eu tinha 22 anos, com umas mechas loiras no cabelo. E fora o que se falava na novela. Essa novela deveria ser proibida de reprisar, era tanta barbaridade, cara. É uma loucura passar essa novela", disse.

Aguinaldo respondeu à crítica por meio de uma publicação no Twitter. "Um ator diz que Fina Estampa 'devia ser proibida de ser reprisada'. Acho que ele quis dizer que os 50 milhões de espectadores que a veem deviam ser proibidos de gostar tanto da reprise da novela. E eu, que vivi os tempos da censura, achando que finalmente era proibido proibir."

Mais tarde, ao ser acusado de não aceitar críticas, se explicou, dizendo ser contra "a censura". "Críticas eu aceito, desde que não sejam à minha vida pessoal, que só a mim diz respeito. O que não aceito é que alguém, ainda mais um artista que se considera 'libertário', se manifeste a favor da censura, ou seja, de tudo de autoritário e fascista que existe por trás dela.

"Fina Estampa" foi exibida originalmente entre 2011 e 2012, em horário nobre. Pigossi viveu Rafael Fernandes na trama.

Fina Estampa