PUBLICIDADE
Topo

Vivi Brunieri diz que fez aborto na primeira ida ao ginecologista, aos 17

Ex-Ronaldinha Vivi Brunieri - Reprodução/RedeTV!
Ex-Ronaldinha Vivi Brunieri Imagem: Reprodução/RedeTV!

Marcela Ribeiro

Do UOL, no Rio

17/08/2020 04h00

A ex-Ronaldinha Vivi Brunieri carrega um passado repleto de polêmicas. Convertida há mais de 10 anos, ela gosta de relembrar o que viveu como um testemunho para que, segundo ela, possa alertar outras meninas a não seguirem no mesmo caminho de prostituição, drogas e indústria pornográfica.

Ela também diz que seus maiores arrependimentos da vida foram as interrupções de gravidez.

Foram três abortos, no primeiro eu tinha 17 anos, foi no Japão, foi traumático, uma das piores experiências que vivi em toda a minha vida. Nunca tinha ido numa consulta com ginecologista, a primeira vez que entrei num consultório do tipo foi para fazer um aborto

Vivi conta que os procedimentos geraram muitos traumas em sua vida.

Posso dizer que só fui curada dessa ferida, dessa dor, em 2009, quando tive um encontro real com Jesus. Os três abortos foram antes de eu ter meus filhos

Mãe de dois

Ela é mãe de Kaito, 17 anos, e Manami, 13. Foi por causa da filha, que não estava se adaptando à escola em Bali, onde moravam há dois anos, que ela voltou para o Brasil no início do ano.

Decidimos ficar no Brasil, seria uma maneira dela ter mais contato com o pai biológico que mora aqui em Santa Catarina e também de ela viver esse momento

A família, no entanto, já tem data para voltar para o exterior:

Já estamos com o retorno para o Japão marcado para janeiro. Tenho negócios lá e, de lá, passaremos mais uma temporada em Bali

Mulher de negócios

Vivi tem muitos investimentos no exterior. Ela é sócia de uma churrascaria em Bali, possui lojas alugadas e, em breve, inaugura um novo empreendimento.

Continuo com o restaurante, também inauguramos uma academia. Tenho um prédio grande, na entrada de Uluwatu, que é a praia mais famosa da região, dos surfistas, e pretendo ainda este ano abrir um novo negócio em Bali, que é um hotel, meu sonho

Modelo plus size

A ex-Ronaldinha também tem negócios no Brasil e, em breve, faz sua estreia como modelo plus size.

Fechei parceria com uma empresa, onde fui contratada para divulgar as peças, roupas de praia, academia, vai ser meu primeiro trabalho plus size

Recado para Ronaldo

Vivi Brunieri na época que namorou Ronaldo - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Vivi Brunieri na época em que namorou Ronaldo
Imagem: Arquivo Pessoal

Vivi namorou com o então jogador Ronaldo nos anos 1990 e, há anos não tem contato com o Fenômeno. O UOL quis saber que recado ela gostaria de mandar para seu ex:

Gostaria de parabenizá-lo pelo pai maravilhoso que ele é, principalmente quando ele assumiu o filho que apareceu alguns anos depois do envolvimento que ele teve com uma moça no Japão. Achei maravilhosa a forma como ele reagiu. Diferente daquela triste história de Pelé, que para mim de rei não tem nada

Carro e terrenos doados para igreja

Quando atuou em filmes pornográficos, Vivi afirma que ganhou cerca de R$ 500 mil de cachê e um carro importado. Após se converter, ela se desfez de todo esse dinheiro.

"Depois da minha conversão doei o carro para uma igreja na cidade de Peruíbe, também um terreno, outras coisas que eu tinha. Ganhei de forma que no meu ver, baseado naquilo que creio hoje, que é a Palavra de Deus, não fazia sentido eu usufruir ou desfrutar de alguma coisa que desagrada o Senhor".

Ela manteve apenas a pousada que construiu para sua mãe em Peruíbe com parte do cachê dos filmes.

Ela tinha esse sonho, eu construí, como é dela, está no nome dela, eu não poderia me desfazer. Mas se tivesse no meu nome, teria virado uma casa de recuperação para as pessoas que realmente precisam

Após o namoro com Ronaldo, ela pegou carona com a fama, formou a dupla "As Ronaldinhas", com Nadya Franca, e posou nua para a "Playboy".

Luxo e ostentação

Vivi Brunieri - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Vivi Brunieri
Imagem: Arquivo pessoal

Como empresária bem-sucedida, Vivi gosta de levar uma vida com muito conforto.

Adoro me hospedar em locais legais, comer em bons restaurantes. Recentemente fiquei no Marina Bay, em Singapura, foi a hospedagem mais cara, para alguns pode ser ostentação, mas eu gasto muito pouco com roupas e sapatos

Ela também considera um investimento comprar joias.

Tenho uma coleção de relógios Rolex, já comprei muito e vendi para amigas. Mas o que gosto mesmo é de viajar, ficar em bons hotéis e comer bem. Amo viajar e gasto meu dinheiro sem dó. Mas também gosto de uma comidinha caseira, vou para o sítio da minha avó, como lá uma galinha caipira, polenta