PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Britney Spears pediu à Justiça para não ficar sob a tutela do pai, diz site

Documentos mostram que Britney Spears teria pedido à justiça mudança de tutela - Reprodução/Instagram
Documentos mostram que Britney Spears teria pedido à justiça mudança de tutela Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/08/2020 23h22

Britney Spears declarou à Justiça norte-americana que não tem intenções de continuar sob a tutela do seu pai Jamie Spears. A informação foi divulgada pelo The Sun.

De acordo com documento obtido pelo periódico, a cantora "prefere fortemente" que Jodi Montgomery, que foi aprovada como sua tutora temporária, tome o lugar definitivo.

Os documentos obtidos pela publicação também afirmam que "uma grande reforma em como sua tutela é administrada é necessária para refletir seu estilo de vida atual e seus desejos".

A documentação ainda apresenta o desejo de Britney de que o pai não seja a única pessoa a cuidar de seus negócios, atividade que vinha exercendo exclusivamente até o ano passado.

Entenda o caso

Jamie Spears é o tutor da cantora desde 2008, um ano após ela sofrer um colapso mental. A tutoria era dividida com o advogado Andew Wallat, que abriu mão da posição no ano passado.

Após sofrer duas rupturas no cólon em 2018, Jamie Spears pediu à Justiça que outra pessoa assumisse o cargo temporariamente. Diversos fãs haviam levantado a campanha #FreeBritney, pedindo o fim do regime tutelar alegando que o pai estaria apenas interessado na fortuna da artista.

Em entrevista no mês passo, Jamie rebateu as críticas e afirmou que o movimento não passava de uma "teoria da conspiração". "Eu amo a minha filha. Amo todos os meus filhos. Mas isso é coisa nossa. É particular", afirmou na ocasião.

Famosos