PUBLICIDADE
Topo

Produção do 'Ellen Show' sabia de denúncias de assédio no set desde 2018

Neste mês, o programa demitiu três produtores executivos após denúncias - Getty Images
Neste mês, o programa demitiu três produtores executivos após denúncias Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

25/08/2020 19h41

Os executivos do programa de Ellen Degeneres já estavam cientes das denúncias de discriminação de gênero no ambiente de trabalho desde 2018.

Duas pessoas envolvidas na produção — um funcionário e um ex-funcionário — relataram ao BuzzFeed News que, há dois anos, uma reclamação formal foi protocolada com um sindicato denunciando práticas como comentários machistas feitos por produtores.

Neste mês, o programa demitiu três produtores executivos após denúncias de assédio sexual, racismo e criação de um ambiente de trabalho hostil.

Ao BuzzFeed News, um porta-voz da Warner Bros., a distribuidora do programa, confirmou a denúncia de 2018, mas acrescentou que "não há nada novo ou noticiável sobre essa questão".

"[A questão] foi apurada por um investigador externo, e finalizada sem alegações críveis de discriminação de gênero. Como já dissemos, estamos empenhados em alterar as coisas que precisam ser alteradas, e seguir em frente de uma forma construtiva e positiva."

Por conta dessa antiga reclamação, os funcionários do programa relatam acreditar que a atual investigação se trata de um "truque de publicidade". Eles preferiram não se identificar por medo de retaliações.