PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Preta Gil diz que 'odiava' Carol Dieckmann, e foi Ivete quem as aproximou

Preta Gil, Carolina Dieckmann e Ivete Sangalo - Reprodução/Instagram
Preta Gil, Carolina Dieckmann e Ivete Sangalo Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

21/09/2020 10h50

Preta Gil confessou que, antes de se tornar melhor amiga de Carolina Dieckmann, não gostava nem um pouco da atriz. Quem tratou de aproximar as duas foi uma amiga comum: Ivete Sangalo.

"A gente se odiava. A Ivete (Sangalo), que era amiga das duas e amava as duas, se cansou dessa baixaria. Um dia, ela ligou [e disse], 'estou indo ao Rio e falou: 'Vai ao hotel ficar comigo'. [Eu perguntei], 'A Carolina vai?'. E ela, 'não vai'".

Preta diz que se encontrou com Ivete em um hotel e ficou "revoltadíssima" ao ver que Carol estava lá. De acordo com ela, foi logo contando "uma história cabeluda" que deixou Carol "com os olhos arregalados".

Preta diz que, na época em que poucas pessoas tinham o aparelho de comunicação Nextel no Brasil, Carol era uma das únicas que o tinha e que, por isso, elas começaram a se falar com frequência.

"Ficamos amicíssimas por causa desse aparelho porque não tínhamos com quem falar, então ficávamos o dia inteiro falando. Hoje, somos irmãs inseparáveis e nos amamos", disse.

Preta contou, ainda, que Regina Casé foi uma grande incentivadora de sua carreira como cantora, depois de ouvi-la cantar no karaokê.

"Ela disse, 'acho que você devia ser cantora, tem uma voz linda'. E eu disse, 'nunca pensei em ser cantora, sou produtora. Tenho vergonha'", contou. No entanto, Regina insistiu na ideia, e Preta a acatou. "Se hoje sou cantora e realizada, devo à Regina Casé", afirmou.

Famosos