PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Carolina Dieckmann fala sobre perseguição de paparazzi: 'Era perigoso'

Reprodução/Instagram @loracarola
Imagem: Reprodução/Instagram @loracarola

Do UOL, em São Paulo

17/10/2020 17h17

Carolina Dieckmann falou sobre a perseguição que sofreu por paparazzi durante a separação do ator Marcos Frota e o começo de namoro - que virou casamento - com Tiago Worcman. Para a atriz, os novos tempos ajudaram a diminuir o nível de exposição sofrida por ela e seus filhos ao saírem na rua.

Uma pessoa ter um celular e tirar uma foto do seu filho, não vai mostrar a cara do seu filho lá em Rondônio, não é uma coisa todo mundo sabe como é a cara do filho da Carolina porque saiu numa capa de revista - ainda mais na época que elas tinham grande circulação.

Dieckmann fez os comentários durante uma live com a também atriz Nathalia Dill. Carolina criticou a exposição forçada e lembrou que hoje a profissão está quase extinta - muito graças a democratização do celular, com muita gente tendo um aparelho capaz de tirar foto.

Acho que era mais invasivo, o próprio comportamento dos paparazzi. Eu lembro que quando eu me separei do Marcos e comecei a namorar o Tiago, tinha gente me seguindo na moto, era perigoso. Hoje, os artistas se separam e quem imagina uma moto, com uma câmera atrás?

Durante o bate-papo, as duas atrizes falaram bastante sobre gravidez e maternidade. Dieckmann, que é mãe de Davi e José, relembrou uma frase dela que chocou muita gente.

Sim, a frase 'não gostei de gravidez' é minha. Eu me sentia muito mal com isso, porque não tinha uma representatividade. Tudo que você passa na vida e você não tem um reflexo na sociedade, causa sofrimento, você se sente um ET. A gravidez é muito hormonal, tudo pode acontecer

TV e Famosos