PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Magda Cotrofe diz ser difícil crer no amor após relacionamento abusivo

Magda Cotrofe foi uma das musas dos anos 1980 - Reprodução/Instagram
Magda Cotrofe foi uma das musas dos anos 1980 Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

17/10/2020 15h01

A modelo e musa dos anos 1980 Magda Cotrofe revelou que perdeu a fé no amor depois de se ver presa em um relacionamento abusivo. Em entrevista ao Extra, ela contou que foi se sentindo minada pelo companheiro.

"Nunca pensei que ia passar por isso na minha vida, porque sempre acreditei no amor. Mas, quando você vê que aquele amor todo prometido virou nada, difícil continuar crendo", afirmou Magda.

Para ela, a pior parte foi sair da relação sem se reconhecer mais. "Aconteceu comigo. O cara te molda tanto, e você vai deixando para manter aquilo que tem. E aí não se reconhece mais. É o relacionamento abusivo, que vai te minando, fazendo você se sentir uma porcaria", disse.

Eu demoro para perceber que a energia do outro é ruim, já que estou sempre aberta a fazer o bem.

Modelo sofreu assédio

Na entrevista ao Extra, Magda relatou uma série de assédios sexuais que sofreu quando trabalhava como modelo.

Uma vez, no interior do país, fui fazer um desfile e um homem apareceu com uma mala na porta do meu quarto no hotel. Ele queria me comprar. E ainda ouvi ele dizendo, antes de eu bater com a porta: 'Mas é dinheiro'.

A modelo, que foi responsável por lançar a moda do biquíni asa delta, certa vez foi fazer um teste em Ipanema, no Rio, e foi surpreendida.

"Cheguei lá, com meu material, crente que era trabalho de verdade. Mas o cara olhou pra mim e disse: 'Não é bem isso não...' Ai que ódio. Rodei a baiana!", contou.

"Na verdade, esse era meu jeito de lidar com o assédio: na grosseria mesmo."

Magda afirmou que deixou de ir ao Marrocos com Joãosinho 30 — carnavalesco 9 vezes campeão do Carnaval carioca — por medo. "Tinham me dito para ter cuidado porque, se um sheik me quisesse, era capaz de me fazer ficar. Fiquei com medo de ser sequestrada e não fui."

Semelhança com a sobrinha

Magda Cotrofe tem um "clone": a sobrinha Deborah, que é 28 anos mais jovem, se parece muito com a tia.

A foto publicada no Instagram parece uma viagem no tempo, já que é como ver Magda no passado e no presente ao mesmo tempo. Deborah, por sua vez, estuda Medicina Veterinária na UFF (Universidade Federal Fluminense), mas também atua como modelo.

Famosos