PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Cláudia Abreu chora ao lembrar 34 anos de amizade com Malu Mader

Claudia Abreu se emocionou com depoimento de Malu Mader lembrando trabalhos das duas - Reprodução/GShow
Claudia Abreu se emocionou com depoimento de Malu Mader lembrando trabalhos das duas Imagem: Reprodução/GShow

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/10/2020 11h58Atualizada em 22/10/2020 11h58

Cláudia Abreu se emocionou ao receber um depoimento carinhoso de Malu Mader no "Encontro" da manhã de hoje.

Na mensagem, a atriz lembrou os 34 anos de amizade com a colega e elogiou as inúmeras parcerias nas novelas da TV Globo, lembrando as festas que as duas faziam nos bastidores das produções e a icônica briga em "Celebridade", de 2003.

"Cacau, tô com muita saudade. Pediram aqui pra eu contar sobre um momento nosso, é impossível contar um momento só, porque as nossas vidas tão muito misturadas, desde que a gente se conheceu, que você tinha 16 anos e eu 20, agora você com 50 e eu com 54...nossa, tem muita história", começou Malu em seu depoimento.

A atriz então lembrou das festas de dança das duas, uma tradição que começou nos bastidores de sua primeira novela juntas, "Fera Radical", de 1988.

"Mas uma coisa que eu lembro muito é que logo que a gente se conheceu, logo nós nos tornamos muito amigas, muito próximas. E a gente gostava muito de dar festa de dança, a gente dava festa de dança quando a gente fazia 'Fera Radical' no nosso quarto de hotel em Vassouras, que a gente gravava juntinhas, e só entrava música que era muito boa, a gente testava antes, a gente dançava sozinha e falava: Não, essa é boa mesmo, essa vai", detalhou.

Malu aproveitou para lembrar das vezes em que as duas repetiram a parceria, que se tornou uma marca da amizade.

"E daí depois a gente também deu festa em 'O Outro'. Em 'Anos Rebeldes' muitas festinhas também. Depois veio 'Força de um Desejo', 'Labirinto', 'Celebridade'. E até hoje todo mundo lembra muito da nossa cena de 'Celebridade', da Laura e da Maria Clara, da surra, então mesmo quando você tá longe você tá sempre pertinho de mim, tem sempre alguém me lembrando de você", afirmou ela, que não poupou elogios a Cláudia.

"Eu lembro muito da gente em Nova York, na sua gravidez da Maria. Em Nova York, Fernando de Noronha, em Penedo, em Secretário, só momentos felizes. Você é com certeza a pessoa que eu mais trabalhei junto, eu te acho uma atriz extraordinária, uma mulher incrível, uma amiga maravilhosa, tô louca pra te ver em 'Desalma', tô louca pra te encontrar aí em Portugal", completou ela, prometendo uma viagem para a Europa, onde a a amiga passa uma temporada.

Cláudia se mostrou comovida pelo depoimento de Malu, enxugando as lágrimas com as palavras da amiga, que definiu como uma parceira "da vida inteira".

"Ai, Fátima, eu ando tão emocionada, não faz isso comigo não", brincou ela, arrancando risos da apresentadora do "Encontro".

"A gente passou por quase todas as fases, a gente só não passou a infância, porque a gente ainda se encontrou na adolescência, e a gente é amiga assim de fazer brigadeiro de panela e dormir juntas. Ela já morava sozinha, eu ainda morava com a minha mãe, e a gente dormia juntas, ia pra gravação cantando, e a gente fazia isso de gravar fita de festa. E a gente dançava antes e fazia a pré-festa. E ela é madrinha do meu filho Zé Joaquim e, enfim, é uma amizade da vida inteira", declarou.

Fátima Bernardes ainda destacou a curiosidade do momento mais marcante de atuação entre as duas ser a surra de Maria Clara e Laura na novela "Celebridade", em que as duas eram mocinha e vilã.

Cláudia comemorou que, apesar da cena violenta e do cenário competitivo na indústria do entretenimento, as duas tenham conseguido manter a amizade intacta.

"Quando você trabalha junto assim, às vezes existe até a promoção de uma rivalidade assim. E eu acho que a gente conseguiu uma coisa muito importante que foi blindar nossa amizade. A gente manteve nossa amizade fora disso tudo, dessas falações da profissão. A briga em si em Celebridade foi muito divertida. A gente tava brincando de brigar. A Mallu, eu me lembro que ela não queria me bater, ela ficava meio...e o Dennis (Carvalho, diretor da novela) falava: bate, pode bater. E eu queria bater nela. Por que nossa reação primeira é tentar se defender, né? Mas o Dennis: não, não, não, o público quer que você só apanhe", lembrou.

Famosos