PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Salgadinho fez 3 músicas com Ronaldinho no Paraguai: 'Resenha das 23 às 6'

Salgadinho compôs músicas falado de isolamento e saudades dos momentos simples - Danillo Sperandio/MOV
Salgadinho compôs músicas falado de isolamento e saudades dos momentos simples Imagem: Danillo Sperandio/MOV

Do UOL, em São Paulo

28/10/2020 10h59Atualizada em 28/10/2020 11h03

O cantor Salgadinho afirmou que compôs três canções junto com Ronaldinho Gaúcho enquanto o ex-jogador brasileiro estava em prisão domiciliar em um hotel no Paraguai.

Em entrevista à Quem, o pagodeiro contou que as músicas foram feitas por ligações. E que elas duravam horas e horas.

"Nesse encontro, começamos a fazer um monte de músicas e trocar ideias. Começamos às 23 da noite e às 6 horas da manhã ainda continuávamos na resenha e fazendo músicas. Foram três, ao todo", disse.

O ex-Katinguelê chegou até a parceria com a ajuda de Éder Miguel, do grupo Doce Encontro.

As músicas foram feitas, segundo ele, quando Ronaldinho Gaúcho estava no hotel.

"Foi durante [o período dele no Paraguai]. Ele estava já estava no hotel", completou.

Ronaldinho e o irmão passaram 171 dias detidos no Paraguai, sob a acusação de usarem passaportes falsos. O jogador chegou a ficar em uma cadeia, mas conseguiu o direito a prisão domiciliar, que durou até agosto, quando ele e o irmão fizeram um acordo com a Justiça e voltaram ao Brasil.

Para Salgadinho, o boleiro era a pessoa ideal para compor, pois o considera como alguém que "leva tudo numa boa".

"Ronaldinho é um cara que leva tudo numa boa. Nesses tempos, ele esteve no Paraguai com aqueles problemas todos e levou de boa", afirmou.

Uma das canções falará sobre a simplicidade de ir até a feira, comer pastel e tomar caldo de cana com os amigos depois que a pandemia passar.

"São hábitos simples que a gente nem se dá conta de que fazem falta. Ronaldo é um cara simples e muito gente boa", completou.

Famosos