PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Carlinhos Maia revela que demorou 5 anos para transar com o marido Lucas

Carlinhos Maia no "Lady Night" - Reprodução/vídeo
Carlinhos Maia no "Lady Night' Imagem: Reprodução/vídeo

Colaboração para o UOL

24/11/2020 00h36

O humorista Carlinhos Maia revelou que demorou cinco anos para transar com o marido, Lucas Guimarães, quando o conheceu. Segundo ele, no início do namoro o casal ficava "sarrando de bermudas" porque o parceiro tinha medo de tirar a peça de roupa e realizar o ato sexual.

"Para a gente transar demorou três anos após o começo do namoro. Então, foram cinco anos ao todo [desde que nos conhecemos]", disse o digital influencer no "Lady Night" desta segunda (23). "A gente nem tirava as bermudas. A gente sarrava por cima das bermudas, pelo medo que ele tinha. Ele não tirava a bermuda", afirmou.

Carlinhos e Lucas se conheceram e começaram a namorar na cidade de Penedo, em Alagoas. De acordo com o youtuber, Lucas, que estudava em uma escola particular e era riquinho, foi resistente a assumir a homossexualidade. "Foram dois anos tentando até que ele cedeu, e estamos há 11 anos juntos", celebrou.

O polêmico (não) beijo no casamento

À apresentadora Tatá Werneck, Carlinhos assumiu arrependimento por não ter beijado o noivo no altar do casamento, realizado em 2019. O "detalhe" acabou virando polêmica na internet e foi muito criticado por pessoas LGBTQI+.

"O lance do beijo no casamento foi muito pela família dele e por causa da história dele", afirmou o influencer.

"Eu não queria beijar. Fiz o meu pai, que é evangélico, ir a um casamento gay. A tia do Lucas, que nunca nos aceitou, estava lá. O pai do Lucas que estava com depressão e não levanta da cama há seis meses, também. Então, para aquelas pessoas que são idosas, eu queria que eles lembrassem daquele momento como algo singelo", explicou.

Ao ser questionado se ele se arrepende de não ter beijado Lucas no casamento, a resposta foi curta e direta: "Sim".

Cultura do cancelamento

Neste fim de semana, Carlinhos se envolveu em mais uma polêmica ao reunir dezenas de amigos em sua mansão, em Maceió, para comemorar seus 20 milhões de seguidores. Após postar stories da festança, os internautas o "cancelaram" na web por estar aglomerando pessoas em plena pandemia do coronavírus.

O programa com Tatá Werneck foi gravado muito antes da festa, mas quando surgiu o assunto da política do cancelamento na internet, o influencer brincou: "Eu fui mais cancelado do que a Anitta".

A quinta temporada de "Lady Night" está sendo exibida de segunda a sexta-feira, às 22h30, no Multishow.

TV e Famosos