PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

'Ele me ajudou em episódio de machismo', diz repórter sobre Maradona

Isabela Scalabrini relembrou encontro na Copa do Mundo de 1986 - Reprodução/Gshow
Isabela Scalabrini relembrou encontro na Copa do Mundo de 1986 Imagem: Reprodução/Gshow

Colaboração para o UOL, em São Paulo

25/11/2020 17h33

A repórter Isabela Scalabrini relembrou uma entrevista exclusiva com Diego Armando Maradona durante a Copa do Mundo de 1986, no México. Em participação no programa "Estúdio I", da GloboNews, ela conta que o craque foi importante para rebater o machismo na oportunidade.

"Cheguei para cobrir a Argentina e todo mundo queria falar com ele. Todos os jornalistas eram homens e eu fui entrando. Perguntei sobre o início do treino e se o Maradona estava no vestiário", contou ela no início do relato.

"Eu nunca vou me esquecer que todo mundo riu. Disseram 'O Maradona só está esperando você chegar', ironizando. E eu fui entrando, me apresentei e pedi para fazer uma exclusiva para o Brasil. Em 1 minuto, ele sai do vestiário e vem na minha direção", relembrou.

Isabella conta que Maradona foi simpático durante a entrevista, elogiando Zico, Sócrates e a Seleção Brasileira. "O Maradona me ajudou a superar um episódio de machismo. Todos que me ironizaram chegaram para aproveitar aquela entrevista".

Na sequência, a repórter relembra que não viu outras mulheres na Copa do Mundo de 1986 e lamentou o falecimento do argentino. "Depois ele veio na Copa América no Brasil, em 1989. Sempre me dava entrevistas. Realmente era um gênio".

Hoje, famosos lamentaram a morte de Diego Armando Maradona nas redes sociais. Artistas como Bruno Gagliasso, Marcelo Adnet e Felipe Neto fizeram publicações em homenagem ao ex-jogador.

TV e Famosos