PUBLICIDADE
Topo

Adriana Sant’Anna conta ostentação de Rodrigão: 'Paga 595 mil em um carro'

Adriana afirmou que ela e Rodrigão conversam para alinhar opiniões diferentes sobre dinheiro  - Reprodução/Instagram
Adriana afirmou que ela e Rodrigão conversam para alinhar opiniões diferentes sobre dinheiro Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/12/2020 13h30Atualizada em 01/12/2020 13h30

Adriana Sant'Anna voltou a contar detalhes de sua vida financeira em uma sessão de perguntas e respostas com os seguidores.

Depois de falar sobre a sensação de ganhar o primeiro milhão, em um story na tarde de ontem, a empresária usou seu Instagram para falar das diferenças entre ela e o marido, Rodrigão, quando o assunto é o dinheiro da família. Segundo ela, seu ex-companheiro de "BBB" é mais adepto de um estilo de vida "ostentação".

"Meu marido, por exemplo, paga 595 mil num carro. Já eu, acho totalmente desnecessário, mas nem por isso não compramos. Ele tem as preferências dele e eu as minhas. Respeitamos e conversamos sobre o que realmente é necessário ou não", detalhou Adriana a uma seguidora que questionou se ela via problemas em um relacionamento entre uma pessoa econômica e uma "gastona".

A empresária, que trabalha vendendo cursos de influência digital, ainda aproveitou para dar um "puxão de orelha" em uma fã que reclamou do fracasso dos projetos do marido, criticando as pessoas que "só querem a parte boa" do casamento.

"É aí que , a gente só quer a parte boa do negócio. A luta, o fracasso, a queda, o colapso, nós nunca queremos, né? Até porque de que vale na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença? Vale nada!! Tá tudo descartável!! Tá tudo errado, todos os valores invertidos", afirmou.

Na mesma leva de stories, na manhã de hoje, Adriana também se irritou com as perguntas sobre sua estadia nos Estados Unidos.

Depois de esclarecer que não estava em situação ilegal durante sua temporada em Orlando, Adriana deu uma "alfinetada" em pessoas que insistiram no questionamento sobre sua entrada no país, já que as "fronteiras americanas estavam fechadas".

"Depois vocês ficam preocupadas quando digo que não assisto TV e nem leio notícias. Vocês fazem tudo isso e não sabem do funcionamento do mundo", ironizou.