PUBLICIDADE
Topo

Elliot Page entrevistou Bolsonaro antes de eleição e alertou: 'É perigoso'

Elliot Page já entrevistou Jair Bolsonaro (sem partido) - Reprodução
Elliot Page já entrevistou Jair Bolsonaro (sem partido) Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

01/12/2020 16h09

Elliot Page, o ator de "The Umbrella Academy" que anunciou hoje que se identifica como um homem transgênero, entrevistou o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em 2016 e foi uma das inúmeras celebridades internacionais que se posicionaram sobre as eleições brasileiras em 2018.

Há dois anos, ele se mostrou contrário ao então candidato à presidência. Na época, Page relembrou um episódio com o próprio Bolsonaro para defender sua posição.

Durante a gravação do documentário sobre homofobia "Gaycation", o ator esteve no Brasil e ficou frente a frente com o político. Opinando sobre sua candidatura, o acusou de ser "perigoso".

"Eu entrevistei Jair Bolsonaro para o Gaycation. Ele é um homem perigoso, homofóbico, racista e misógino que atualmente lidera a corrida presidencial no Brasil", acusou ele.

"Frase diretamente homofóbica: 'Prefiro que meu filho morra em um acidente do que apareça com um cara bigodudo. Juntem-se às vozes das pessoas que estão se unindo no Brasil para dizer #elenão #neverhim. Estou mandando amor e apoio aos brasileiros que resistem a essa loucura", afirmou.

Anúncio nas redes

Elliot, que é casado com a dançarina Emma Portner desde janeiro de 2018, aproveitou o anúncio feito hoje e disse que conhece a realidade violenta de preconceito enfrentada pelas pessoas transgênero, e que tem "consciência dos privilégios que carrega" por sua cor e posição social.