PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Polícia vai a casa de filha de Carrie Fisher para investigar tiroteio

Carrie Fisher e sua filha Billie Lourd, em Los Angeles, em 2015 - Jordan Strauss/Invision/AP
Carrie Fisher e sua filha Billie Lourd, em Los Angeles, em 2015 Imagem: Jordan Strauss/Invision/AP

Do UOL, em São Paulo

03/12/2020 13h37

Policiais compareceram hoje à casa de Billie Lourd, em Los Angeles (EUA), após receber uma chamada de emergência sobre um tiroteio que teria acontecido na propriedade, que está passando por reformas.

Segundo o TMZ, a atriz de "Star Wars" e "Fora de Série", que é filha da falecida Carrie Fisher (a princesa Leia), não estava no local no momento do incidente.

De acordo com o site, dois operários da reforma tiveram um desentendimento, o que levou à demissão de um deles. Inconformado, o trabalhador sacou um rifle e ameaçou atirar em seu superior, antes de virar a arma para o chão e disparar algumas rodadas.

O atirador fugiu antes de a polícia chegar, e ainda não foi encontrado.

Herança de família

9.set.2011 - As atrizes Debbie Reynolds e Carrie Fisher, mãe e filha, na cerimônia do Emmy, em 2011 - Noel Vasquez/Getty Images/AFP - Noel Vasquez/Getty Images/AFP
9.set.2011 - As atrizes Debbie Reynolds e Carrie Fisher, mãe e filha, na cerimônia do Emmy, em 2011
Imagem: Noel Vasquez/Getty Images/AFP

A propriedade que Lourd está reformando pertencia a Carrie Fisher e à mãe dela, sua avó, a lendária atriz Debbie Reynolds ("Cantando na Chuva"). As duas moraram em casas contíguas no terreno por 15 anos antes de suas mortes, na mesma semana, em 2016.

Ao todo, o local mede 140 mil metros quadrados, e é avaliado em US$ 18 milhões, o equivalente a R$ 92 milhões. As casas aparecem bastante no documentário "Luzes Brilhantes", lançado pouco depois da morte das duas.

Confira o trailer:

Famosos