PUBLICIDADE
Topo

Famosos

Léo Aquilla diz que nunca buscou filhos na escola por medo de preconceito

Leo Aquilla diz que foi bem aceita pela família quando se assumiu mulher transexual - Reprodução/Instagram
Leo Aquilla diz que foi bem aceita pela família quando se assumiu mulher transexual Imagem: Reprodução/Instagram

Colaboração para o UOL, em Santos

04/12/2020 10h43

Léo Aquilla, 50 anos, mãe de Vitor e Wagner, diz que não buscava os filhos na escola quando eles eram pequenos, com medo de preconceito e represália. Na época, ela já era conhecida nacionalmente pelo trabalho como drag queen.

"Nunca fui buscá-los na escola", disse, lembrando-se de quando os filhos, hoje com 24 anos, tinham sete anos. "No Dia dos Pais, eu não podia ir porque não queria que ninguém soubesse. Eu os instruí a não contar que eles eram meus filhos, e eles nunca contaram", disse, em live com Mauricio Severo.

A artista diz que teve dificuldade para se aceitar transexual, em razão do estigma negativo imposto pela sociedade. No entanto, conseguiu superar essa barreira.

"Quando me assumi trans, pude peitar. Estava em um momento de força e de lugar de fala que era meu. Eu tinha de tomar conta da minha felicidade. Fiquei tranquila. Meu pai teve um pouco de resistência, mas o resto da minha família, quando apareci montada e de seios, todos disseram, 'que linda!'".

Famosos